BLOG GERANDO DEMANDA
29abr/112

6 erros no Facebook e no Twitter que podem custar seu emprego

Erros no Twitter e Facebook podem causar demissões. Veja como evitarZelosas por sua imagem e segurança, as empresas estão cada vez mais de olho no que funcionários e candidatos publicam nas redes sociais.

Travis Megale está feliz com seu emprego. Usuário habitual doFacebook, ele sabe como usar o site de forma apropriada e o que não dizer nem publicar. Infelizmente, muitos usuários do Facebook não pensam assim – e as demissões causadas por comportamento inadequado na rede socialparecem ganhar cada vez mais manchetes.

Uma pesquisa recente da empresa de segurança de e-mail Proofpoint revelou que 7% das organizações já demitiram um empregado por causa de sua atividade em sites de mídia social. Outros 20% disseram que, por causa das redes sociais, empregados tiveram de ser advertidos. São estatísticas como essas que inspirou Megale a criar um grupo no Facebook, intitulado “Fired because of Facebook” (demitido por causa do Facebook).

“Sou professor de High School (equivalente ao Ensino Médio brasileiro) e, por isso, tenho de ter consciência sobre o que publico. Criei o grupo como um sinal de advertência para meus colegas”, disse Megale. “Pessoas com que trabalhei no passado fizeram comentários e publicaram fotos que facilmente poderiam ter causado minha demissão caso tivessem sido vistos pelas pessoas erradas. Minha esperança é que esta página ajude algumas pessoas a evitar erros no Facebook que, embora tolos, possam vir a ter um alto custo.”

Contos de terror

Em um esforço para aumentar a conscientização sobre o tema, o grupo convida os membros que perderam seus empregos por causa de algo que fizeram no Facebook a contarem suas histórias. E os contos sobre mancadas no Facebook que levaram à perda de um trabalho aparecem regularmente.

Exemplos recentes postados no mural do grupo em um período de três dias incluem um membro que escreveu  “Demitido por postar ‘F*** them nuggets’ “ na página de um amigo. Eu fui gerente noMcDonalds por três anos. Acabou!”

Outro membro escreveu: “Demitido por não ser ‘uma pessoa do calibre das que nós gostamos de contratar. O que você faz em sua vida pessoal reflete negativamente em nós como empresa”.

É difícil fazer com que um empregado demitido se sinta melhor com isso, mas há razões para uma organização monitorar o comportamento de um funcionário nas redes sociais e tomar atitudes contra situações que julgar problemáticas.

Quando se trata de redes sociais, as questões levantadas pelas empresas tratam frequentemente de reputação e segurança – em especial, relacionadas à imagem da marca e à segurança de seus empregados.

Quais são os comportamentos que um empregador poderia julgar prejudiciais nos perfis online de seus empregados? Eis seis erros que os usuários cometem em sites como Facebook e Twitter, e que poderiam servir de porta para o desemprego.

1 – Postar comentários negativos sobre o trabalho ou a empresa

Pode parecer óbvio, mas para muitas pessoas não é. Alguns membros do Facebook sentem a necessidade de espalhar para amigos e parentes suas opniões sobre o trabalho ou sobre seus colegas de escritório, tudo sob a impressão de que seus perfis permanecem privados.

Mas não é sempre o caso, especialmente se o usuário não soube ativar a privacidade em suas configurações, apontou Tom Eston, do site Socialmediasecurity.com. Os usuários precisam estar mais conscientes não apenas sobre as configurações de privacidade, mas sobre guardar as opiniões relacionadas ao trabalho com eles mesmos.

“Simplesmente não faça”, disse Eston. “Com frequência alguém publicará alguma coisa e depois pensará, dias depois, que talvez não devesse ter feito aquilo. Você não pode culpar a rede social por isso. As pessoas precisam assumir a responsabilidade pelo que publicam.”

Mesmo que você tenha ativado as configurações de privacidade do Facebook, lembre-se que as recentes reformulações do Facebook podem fazer com que as configurações voltem a ser públicas, tornando o conteúdo disponível para qualquer um até que o usuário vá lá e as mude.

Esse foi o caso com uma professora de Cohassett, Massachusetts (EUA), que foi demitida em agosto depois de publicar no Facebook que não imaginava trabalhar por mais um ano naquele distrito escolar. June Talvitie-Siple, que em um recado anterior havia chamado os estudantes de “sacos de germes”, não percebeu que suas configurações tinham sido tornadas públicas depois de uma mudança recente no Facebook. Ela serve como exemplo para que verifiquemos nossas configurações de privacidade com regularidade.

E há aqueles que seriam melhores se caíssem no esquecimento. Como a mulher que desabafou sobre o chefe em um post que já se tornou lenda na Internet. Infelizmente, seu chefe também era um amigo do Facebook e, por isso, podia ver facilmente seu perfil.

A mulher atualizou seu status com uma mensagem que, em português, seria como: “Eu odeio meu trabalho! Meu chefe é um total pervertido, que sempre me faz fazer trabalhos de m***a apenas para me sacanear!”.

Ao que o chefe respondeu: “Acho que você se esqueceu de que tinha me adicionado aqui” e terminou com “Não se importe de voltar aqui amanhã. E sim, é sério.”

2 – Defendendo seu empregador em uma discussão online

Embora seja o oposto da mancada número um, esta também pode ser desastrosa, mesmo que você tenha as melhores intenções.

Isso porque, mesmo que pense que o que está dizendo é correto, você não é um profissional de relações públicas, e o que você publicou pode ser errado ou até prejudicar a empresa. A gigante das redes Cisco Systems deixa claro, em sua política de mídias sociais, que os empregados não deverão se envolver em qualquer debate online sobre a empresa sem permissão específica.

“Quando um empregado vê algo negativo sobre a empresa, algumas vezes seu impulso é o de defender seu empregador, com o qual está perfeitamente satisfeito”, explicou Christopher Burgess, conselheiro sênior de segurança da Cisco. “Você não pode fazer isso com os 140 caracteres do Twitter. O que dizemos ao nosso pessoal é: deixe o pessoal de RP cuidar disso.”

3 – Comentar questões privadas da empresa em fóruns públicos

Então sua empresa está para comprar outra e há rumores sobre demissões? Guarde essa informação para si. Publicar essa informação no Facebook ou no Twitter é quase tão ruim quanto falar à imprensa sobre o assunto. Mesmo que você pense estar falando apenas para pessoas próximas, não há como saber onde a informação irá parar, disse Eston.

“Mesmo se pertencer a um contexto geral, certas informações que poderiam ser confidenciais para uma empresa nunca deveriam ser discutidas.”

Erros no Facebook e Twitter podem custar o seu emprego

4 – Mudar de identidade e fingir ser outra pessoa

Você sempre quer ser honesto sobre quem é. Retomando a regra que trata de falar sobre sua empresa, Burgess explicou que a política da Cisco também proíbe os empregados de disfarçar seu nome ou identidade para se envolver em debates sobre a empresa.

“A política estabelece claramente que o uso de um apelido (ou nome falso) é inaceitável”, disse. “Os empregados deveriam sempre deixar claro seu relacionamento com a empresa.

5 – Oferecer muita informação sobre sua vida pessoal e atividades de lazer

Eston, que costumava trabalhar com segurança em um grande banco, lembra-se de um caso em que muita informação no Twitter não apenas fez uma pessoa perder o emprego como a impediu de ser contratada.

O banco estava fazendo uma verificação de antecedentes sobre uma candidata a vaga e descobriu mais do que gostaria de saber.

“Ela tuitou sobre como esperava poder passar num teste de drogas, e a foto de seu perfil no Twitter a mostrava fumando maconha.”

6 – Publicar fotos de gosto duvidoso

Talvez o maior exemplo deste tipo de mancada seja o caso envolvendo a líder de torcida americanaCaitlyn Davis. Ela foi demitida da equipe de futebol americano New England Patriots depois que fotos no Facebook a mostraram empunhando uma caneta marcadora à frente de um homem aparentemente inconsciente, cuja pele estava coberta de desenhos e pichações – entre elas, duas suásticas.

As fotos e as informações pessoais que você publica podem não ser tão ofensivas, mas provavelmente é uma boa ideia mantê-las afastadas das redes sociais, assim como os comentários sobre sua vida pessoal que poderiam levar um empregador a fazer um julgamento negativo sobre você.

Quando usa redes sociais, você quer mostrar sua melhor imagem. Da próxima vez que postar alguma coisa, pergunte a si mesmo se é algo que qualquer um possa ver.

Fonte: IDG Now

http://www.cursodeecommerce.com.br/blog/erros-midias-sociais-emprego/


28abr/110

Chegou a vez de Recife e Fortaleza

Segue a programaçao dos proximos eventos do Gerando Demanda

Veja a programação e Faça já sua inscrição

Recife

Local:

Dorisol Recife Grand Hotel

Av. Bernardo Vieira de Melo, 1624 - Piedade Jaboatão dos Guararapes - PE

Manha

08h30 Credenciamento / retirada de material
09h00 Abertura
09h15 Palestra: “Decifrando o comportamento do consumidor – eleve suas vendas com qualidade” –Fabio Nemer
10h00 Coffee Break
10h30 Palestra : “Como fidelizar clientes de papelarias e distribuidoras” – Frederico Gorgulho
11h00 Palestra: “Influência e convencimento para vender mais” – Junior Portare
12h00 Sorteio de brindes e Encerramento

Tarde

14h30 Credenciamento / retirada de material
15h00 Abertura
15h15 Palestra: “Estilos comportamentais e sintonia com o cliente" – Fabio Nemer
16h15 Coffee Break
17h00 Palestra: “O que você precisa para ter Sucesso” – Junior Portare
18h00 Sorteios de brindes e Encerramento

Noite

19h00 as 21h00 Show room c/ exposição de produtos


Fortaleza

Local:

Mercure Fortaleza Meireles

R Joaquim Nabuco, 166, Meireles / Fortaleza

Manha
08h30 Credenciamento / retirada de material
09h00 Abertura
09h15 Palestra: “Decifrando o comportamento do consumidor – eleve suas vendas com qualidade” –Fabio Nemer
10h00 Coffee Break
10h30 Palestra : “Como fidelizar clientes de papelarias e distribuidoras” – Frederico Gorgulho
11h00 Palestra: “Influência e convencimento para vender mais” – Junior Portare
12h00 Sorteio de brindes e Encerramento

Tarde

14h30 Credenciamento / retirada de material
15h00 Abertura
15h15 Palestra: “Estilos comportamentais e sintonia com o cliente" – Fabio Nemer
16h15 Coffee Break
17h00 Palestra: “O que você precisa para ter Sucesso” – Junior Portare
18h00 Sorteios de brindes e Encerramento

Noite

19h00 as 21h00 Show room c/ exposição de produtos

Evento Gratuito !!

Clique e Faça sua inscrição gratuita www.gerandodemanda.com.br

Vagas limitadas !!!

Atenção proprietários de papelarias e compradores

Aproveite a oportunidade para visitar o shoow room de nossos patrocinadores

  • Podemos recebê-lo em qualquer horário do dia das 9h00 as 20h00
  • Em pouco mais de 15 minutos poderá conhecer a linha de produtos
  • Ótima oportunidade para conseguir negociação diferenciada
  • Não é preciso assistir nenhuma palestra, pois o shoow room é em um ambiente a parte das palestras
27abr/110

Dez erros de postura e comportamento que podem prejudica-lo no trabalho

Postura e comportamento são pontos primordiais para o sucesso na carreira profissional. A afirmação não deve ser novidade para ninguém, mesmo assim, não são poucos os que ainda cometem sérios erros comportamentais no ambiente corporativo e acabam esquecendo que a competência técnica não é a única necessária para galgar novas posições numa empresa.

A imagem transmitida pelo profissional faz muita diferença. É por isso mesmo que ficar de olho nas atitudes e na maneira como se porta no ambiente de trabalho pode render pontos positivos. Para saber o que “pega mal” no trabalho, conversamos com o coach Silvio Celestino, que enumerou os 10 principais erros comportamentais e de postura cometidos por profissionais nas empresas.

1- Não saber dominar as emoções: Um profissional que não sabe receber uma crítica, um feedback e se frustra com muita frequência, demonstra-se imaturo e, portanto, incapaz de assumir grandes responsabilidades, inclusive um cargo de liderança. Se alguém deseja subir na carreira, deve saber dominar suas emoções e lidar com as dos demais.

2- Falar mal da empresa, de chefes ou colegas no ambiente de trabalho / redes sociais: O profissional vende a todo instante a sua credibilidade perante a empresa e o mercado de trabalho. Ninguém deseja ter em seu quadro de funcionários alguém que denigre a imagem da própria empresa direta ou indiretamente (comentando e fazendo fofocas de outras pessoas).

3- Não cumprir prazos das tarefas: O que se espera de um bom profissional é que ele tenha conhecimento suficiente para saber quanto tempo uma tarefa de sua responsabilidade demora para ser realizada apropriadamente. Quando o profissional atrasa, compromete sua credibilidade.

4- Chegar atrasado em reuniões e eventos: Cumprir horários estabelecidos para uma reunião ou evento é o mínimo que se espera de um profissional sério. Mesmo que seus líderes cultivem o mau exemplo de chegar tarde em reuniões, não faça o mesmo. Seja pontual.

5- Ter uma imagem que destoa da cultura da empresa: A imagem de um profissional deve transmitir credibilidade de acordo com a cultura da empresa. Não apareça de piercing ou deixe sua nova tatuagem à mostra se você trabalha a uma organização muito tradicional. Terno e gravata também não são indicados para trabalhar em uma empresa que vende produtos para a prática de esportes radicais. Pense!

6- Escrever errado em documentos da empresa, especialmente os que são dirigidos a clientes (e-mails, por exemplo): Já vi um gerente ser demitido porque escreveu “voceiz” em um e-mail ao consumidor. Muita atenção, o que é aceitável no SMS é inapropriado para o contato com o mercado e pode gerar má interpretação, confusão e transmitir uma imagem desleixada do profissional e, consequentemente, da empresa.

7- Ser um mau ouvinte: Quando um cliente interno ou externo ao departamento se dirige ao profissional e este parece estar mais interessado em outras coisas, como seu celular, ou simplesmente não parece estar interessado na conversa, gera a impressão de imaturidade e desrespeito.

8- Tratar com descuido as ferramentas e materiais sob sua responsabilidade: Danificar computadores, mobília ou outras estruturas da empresa por descuido demonstra que o profissional não entende que a empresa possui um custo esperado para suas operações e que aumentá-lo diminui o resultado.

9- Desrespeitar a cultura da empresa: Cada organização possui uma cultura, expressa objetivamente em suas normas, mas também indiretamente no comportamento de seus funcionários, em especial seus líderes. O profissional deve ter adaptabilidade ao ambiente antes de querer mudar algo. Chegar na organização e já questionar sua forma de ser é ruim para a sua imagem.

10- Não demonstrar interesse em progredir: As organizações têm como um de seus propósitos o crescimento contínuo. Um indivíduo que está satisfeito com o cargo que ocupa e não faz nada para aprimorar-se, adquirir novos conhecimentos e competências, fica em desacordo com este propósito, o que não é bom para sua imagem.

Muitas dessas atitudes passam completamente despercebidas no dia a dia. A correria e a falta de atenção fazem com que profissionais sejam avaliados negativamente — o que, em muitos casos, só gera problemas depois de algum tempo repetindo os mesmos erros.

Por isso, esteja sempre atento às suas ações, não deixe que as funções e a sobrecarga façam de você um profissional relapso, desatencioso com suas responsabilidades e atitudes no ambiente corporativo.

Fonte : http://rheal.com.br/blog/?p=171

Fonte: Viviane Macedo - Profissional em Foco

26abr/110

Gerando Demanda no Sul do Brasil

Em sua segunda parada em 2011 o projeto Gerando Demanda chegou ao sul do Brasil. Terça feira, dia 12/04 foi a vez de Porto Alegre receber mais uma vez o ciclo de palestras, o evento foi realizado no centro da cidade no tradicional Plaza São Rafael. A manha começou com Fábio Nemer falando sobre o comportamento dos clientes, quando o corpo fala além de suas  palavras. Frederico Gorgulho, Gerente de Trade Marketing da Dello falou sobre fidelização de clientes, a arte de conhecer e manter seus clientes.

Os palestrantes Frederico Gorgulho, Fabio Nemer e Junior Portare

Um delicioso coffe break foi servido durante o intervalo quando os participantes do projeto puderam conhecer os show-room dos patrocinadores com sua linha de produtos.

Após o intervalo Junior Portare fez sua palestra sobre influencia e convencimento para vender mais.

O período da tarde foi marcado para palestras de vendas. Fabio Nemer falou sobre a importância de ter sintonia com o cliente e Junior Portare falou sobre o que você precisa para ter sucesso.

Os brindes também foram atração em Porto Alegre. Nossos patrocinadores distribuíram seus produtos aos participantes do evento. A ganhadora da máquina fotográfica digital foi a colaboradora da empresa PRMaq de Porto Alegre. A Dello presentou com kits de adesivos decorativos. A editora Thomas Nelson enviou Best-sellers de John Maxuell e Gustavo Cerbasi. A agencia de viagens Guia do Mundo Lufthansa City Center  ofereceu um final de semana em uma pousada em Gramado, tradicional e charmosa cidade da Serra Gaucha. A Francal também disponibilizou estadias em hotéis de São Paulo  para o período da feira Office PaperBrasil Escolar, que este ano completa 25 anos.

Na quinta-feira Caxias do Sul foi o destino do Gerando Demanda que hoje é a segunda cidade na economia do Rio Grande do Sul e com o mercado em crescimento. Os participantes do interior do estado tiveram a oportunidade de ouvir as mesmas palestras oferecidas aos participantes de Porto Alegre. É o Gerando Demanda levando conhecimento ao mercado Office do Brasil.

Participantes em Caxias do Sul

Proxima parada do Gerando Demanda é  17/05 em Recife e 19/05 em Fortaleza

Informaçoes acesse : www.gerandodemanda.com.br

26abr/110

Em dia com o Imposto de Renda

O prazo para declaração do Imposto de Renda 2011 se encerra nesta sexta feira. Segue abaixo algumas duvidas frequentes e respostas sobre o Leão...

Quem deve declarar Imposto de Renda?

Confira abaixo as situações em que o contribuinte deve entregar a declaração do IR 2011 (Imposto de Renda Pessoa Física 2011). Devem declarar aqueles que:

- Receberam, durante o ano de 2010, rendimentos brutos tributáveis superiores a R$ 22.487,25 ou rendimentos não-tributáveis, tributados exclusivamente na fonte e isentos, acima de R$ 40 mil;

- Realizaram, em qualquer mês, venda de bens ou direitos na qual foi apurado ganho de capital sujeito à incidência de imposto, mesmo nos casos em que o contribuinte optou pela isenção através do uso do dinheiro ganho para comprar imóvel residencial no prazo de 180 dias;

- Realizaram negócios em Bolsa de Valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

- Tiveram posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil durante o ano de 2010;

- Passaram à condição de residente no Brasil durante o ano de 2010 e nessa condição se encontravam em 31 de dezembro;

- Tiveram receita bruta superior a R$ 112.436,25 através de atividade rural, ou que estejam compensando prejuízos de anos anteriores ou do ano a que se refere a declaração (nesse caso, é vedada a declaração pelo modelo simplificado).

Qual a melhor declaração de Imposto de Renda? - Simplificada ou completa?

Existem duas opções de declaração no IR 2011 (Imposto de Renda Pessoa Física 2011): simplificada e completa. Em ambos os casos, são necessários os seguintes documentos:

- Informativo sobre rendimentos da empresa onde trabalha ou onde trabalhou;

-  Informativo sobre aplicações financeiras dos bancos onde tem ou teve conta;

-  Recibos de gastos médicos, gastos com educação etc. (apesar de não ser necessário anexá-los na declaração).

As principais diferenças entre os dois tipos de modelos estão resumidas abaixo:

Modelo Simplificado:

As declarações simplificadas podem ser feitas por qualquer contribuinte. Entretanto, nesse modelo as deduções são substituídas por um desconto padrão de 20% sobre os rendimentos tributáveis, desde que o desconto não ultrapasse o valor de R$ 13.317,09.

Dessa forma, o modelo simplificado é indicado para pessoas que não possuem muitas deduções. Ao preencher o modelo simplificado, você terá de informar o CNPJ ou CPF da sua principal fonte pagadora, mas também deve indicar nos campos indicados os rendimentos de todas as fontes.

Modelo Completo:

Caso você não se enquadre no modelo simplificado, ou seja, tem muitas deduções a fazer, como plano de saúde, gastos com educação, dependentes etc., poderá declarar o imposto da maneira completa. É necessário informar todos os gastos e rendimentos ocorridos no ano.

Se o total das suas deduções exceder o limite de R$ 13.317,09, sua melhor opção é fazer a declaração completa. Apesar de as deduções com dependente serem limitadas a R$ 1.808,28 e as despesas com educação terem o limite individual anual de R$ 2.830,84, as despesas médicas podem ser deduzidas integralmente.

Caso você opte pelo modelo completo, não deixe de guardar os comprovantes de rendimentos e das despesas por cinco anos, no mínimo, prazo durante o qual a Receita Federal pode pedir a comprovação das deduções se existir suspeita de sonegação.

E se perder o prazo?

Quem atrasa a entrega da sua declaração do IR 2011 (Imposto de Renda Pessoa Física 2011) paga multa calculada da seguinte forma:

- 1% ao mês sobre o imposto devido, mesmo que tenha sido pago integralmente

-    valor mínimo R$ 165,74

-    valor máximo de 20% do imposto devido

A multa de 1% passa a contar a partir do dia seguinte ao prazo de entrega (29 de abril).

Só não é cobrada multa dos contribuintes que estão desobrigados de apresentar declaração de Imposto de Renda.

Mesmo que a pessoa não esteja em débito com a Receita (ou seja, não tenha imposto devido), deverá pagar a multa mínima de R$ 165,74. Caso tenha direito à restituição, sua multa será deduzida do valor a ser restituído.

A forma de envio da declaração em atraso é a mesma utilizada para quem entregou dentro do prazo.
A diferença fica por conta dos encargos cobrados.

Outro problema ao atrasar a declaração é o pagamento de eventual imposto devido. Esse imposto a pagar pode ser dividido em quotas, para facilitar ao contribuinte. No entanto, a primeira quota já vence em 29 de abril.

Se a pessoa entrega a declaração com atraso, a primeira quota já terá vencido, e o pagamento incluirá encargos (multas e juros).

Além disso, o contribuinte que não entrega a sua declaração, corre o risco de ter o CPF (Cadastro de Pessoa Física) cancelado.

Outras informações acesse: http://economia.uol.com.br/impostoderenda/

25abr/110

O lapis

O menino observava seu avô escrevendo em um caderno, e perguntou:

- Vovô, você está escrevendo algo sobre mim?

O avô sorriu, e disse ao netinho:

- Sim, estou escrevendo algo sobre você. Entretanto, mais importante do que as palavras que estou escrevendo, é este lápis que estou usando. Espero que você seja como ele, quando crescer.
O menino olhou para o lápis, e não vendo nada de especial, intrigado, comentou:

- Mas este lápis é igual a todos os que já vi. O que ele tem de tão especial?

- Bem, depende do modo como você olha. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir vivê-las, será uma pessoa de bem e em paz com o mundo – respondeu o avô.

- Primeira qualidade: Assim como o lápis, você pode fazer coisas grandiosas, mas nunca se esqueça que existe uma “mão” que guia os seus passos, e que sem ela o lápis não tem qualquer utilidade: a mão de Deus.

- Segunda qualidade: Assim como o lápis, de vez em quando você vai ter que parar o que está escrevendo, e usar um “apontador”. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas ao final, ele se torna mais afiado. Portanto, saiba suportar as adversidades da vida, porque elas farão de você uma pessoa mais forte e melhor.

- Terceira qualidade: Assim como o lápis, permita que se apague o que está errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos trazer de volta ao caminho certo.

- Quarta qualidade: Assim como no lápis, o que realmente importa não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro dele. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você. O seu caráter será sempre mais importante que a sua aparência.

- Quinta qualidade do lápis: Ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida deixará traços e marcas nas vidas das pessoas, portanto, procure ser consciente de cada ação, deixe um legado, e marque positivamente a vida das pessoas.

fonte: http://menegatti.srv.br/

7abr/112

Saiba o que voce pode (ou nao) trazer do exterior em sua bagagem

As compras no outlet de Orlando foram boas? iPhone 4, Wii, MacBook, brinquedos, maquiagem, roupas. Mas, ao pisar no aeroporto de retorno, no Brasil, a dúvida: declarar ou não declarar? Difícil encontrar quem nunca viveu esse dilema ao receber, ainda a bordo, o formulário de Declaração de Bagagem Acompanhada. E a questão às vezes surge até mesmo com produtos de custo insignificante, como queijos, embutidos ou um inofensivo pote de doce de leite

De cada 100 viajantes que desembarcam no aeroporto de Guarulhos, vindos do exterior, a bagagem de apenas três deles, em média, é fiscalizada. E, se você não está exageradamente carregado, ser parado é mesmo um golpe de azar. “Não há como reconhecer um passageiro que omite bens, a não ser que ele dê indícios. Do contrário, a seleção é feita aleatoriamente”, diz Dirce Pagy, chefe do setor de Bagagem Acompanhada do aeroporto de Guarulhos. Veja, a seguir, o que você pode ou não trazer em suas viagens.


Liberados

- Chocolate
- Biscoito
- Alfajor
- Azeite
- Geleia
- Doce artificial (marshmallow, bala, chiclete)
- Compotas doce e salgada (de origem vegetal)
- Salgadinho e snacks (amendoim, pistache)

Liberados com restrição

- Eletrônico (dois de cada tipo)
- Vinho (no máximo 12 garrafas de rótulos diferentes)
- Cremes (até dez de um mesmo tipo de produto)
- Camiseta (até três de mesma marca ou mesmo modelo)
- Tênis (cinco pares de modelo e marca diferentes)
- Cigarro (até 20 maços)
- Remédio (sob prescrição, não há limite)

Proibidos

- Doce de leite
- Queijo
- Embutidos
- Defumados
- Mel
- Sementes
- Peixe
- Vegetais, frutas e verduras
- Leite e ovos

Declare antes

Caso você saia do Brasil levando eletrônicos caros, como notebook e câmera, é conveniente preencher uma Declaração de Saída Temporária de Bens. Você pode baixar o documento no site receita.fazenda.gov.br, link “Aduana/Viajantes”, preenchê-lo com o código de série do produto e apresentá-lo no guichê da Receita Federal do aeroporto (não é preciso mostrar a nota fiscal). Caso seu voo saia muito cedo ou muito tarde, há o risco bastante palpável de encontrar o guichê fechado. Em situações desse tipo, guarde-a com o canhoto do cartão de embarque para, se preciso, apresentar no retorno. Importante: se na chegada ao Brasil você não conseguir provar que o eletrônico não foi comprado no exterior, pode ter o produto taxado.

Fonte : viajeaqui.com.br

6abr/112

Os beneficios de ser uma pessoa organizada

O senso comum diz que o mal em não ser organizado é cultural, e é fato que podemos de alguma forma em nossas vidas, lembrar ou apontar inúmeras histórias sem final feliz causadas pela falta de organização. Dores de cabeça por conta de um documento, projeto ou até um horário perdido.

Hoje ser organizado vai muito além de uma característica de personalidade, é um requisito básico para que o mercado o veja como integrante de um grupo, além disso, a disposição e determinação em se tornar uma pessoa organizada reflete o cuidado com o todo e com todos.

A exigência em ser organizado, seja no âmbito social ou profissional, pode parecer básica, mas é enfrentado com muita dificuldade por muitas pessoas mesmo entendendo que é considerado grande diferencial.

Tayara Shinel, Relações Públicas da Dello, empresa que dissemina o conceito de organização há mais de 35 anos no mercado, afirma que “não existe uma fórmula pronta para se desenvolver a organização no dia a dia, cada indivíduo deve se adequar ao seu perfil e a sua rotina. O que, de forma geral, auxilia neste desenvolvimento são artigos, acessórios e materiais específicos para organização”.

Com foco nesta particularidade, atualmente a Dello oferece uma linha completa de produtos práticos, inovadores e decorativos para facilitar a evolução de pessoas que buscam qualidade de vida através da organização.

Tayara conclui ressaltando que os benefícios em se tornar uma pessoa organizada vão além de benefícios individuais de bem estar, mas também inclui o bem estar coletivo, a admiração do próximo e até mesmo a facilidade em conquistar objetivos.

Para saber mais sobre produtos da linha de organizaçao acesse: www.dello.com.br

1abr/110

Tres Pequenas, Mas Grandes Dicas De Vendas…

1. Dica: Apresentação do produto

Quando estiver fazendo a apresentação, sente-se de um modo que possa observar as reações do cliente. Pelas expressões faciais ou alguns pequenos movimentos, descobrirá o que o interessa ou não.

Em momentos importantes, uma pessoa cutuca a outra, um membro da equipe murmura acordo ou desacordo. Todos fazem pequenos, mas reveladores comentários em linguagem corporal, com coisas tais como inclinações, sacudidelas de cabeça, uma ou outra careta. Tome notas, mesmo que mentalmente, desses indícios de emoção e use-os para orientá-lo na venda.

2. Dica: Pessoa Influente

Quando começamos a montar nossa carteira de cliente o que mais buscávamos eram empresas conhecidas e depoimentos de altos executivos para endossar nosso trabalho.

Para isso, você precisa de uma pessoa respeitada e conhecida do seu futuro cliente. Ela não precisa conhecê-la pessoalmente; basta que saiba da existência e posição, ou cargo. Se estiver vendendo maquinário agrícola, vai querer um fazendeiro conhecido; se é um arquiteto, será bom escolher uma pessoa bem conhecida na sociedade; se vende equipamento industrial, quem melhor do que o executivo de uma companhia grande e em crescimento?

3. Dica: Venda Adicional

Quando entro numa loja para comprar um aspirador de pó, não quero discutir o seu novo e fantástico misturador que o interessa tanto, até que satisfaça minha necessidade de acabar com a poeira. Uma vez resolvido este problema, você tem uma oportunidade de despertar minha ânsia de misturar alguma coisa.

Mas, nem mesmo fale em misturar alguma coisa até que eu seja dono do melhor aspirador de pó que você possa me convencer a comprar. Portanto, jamais tente uma venda adicional antes de ter completado a venda inicial...

Fonte: Prof. Menegatti

http://www.menegatti.srv.br/index.php/artigos/artigos-anteriores/531-artigo

Categorias: Vendas Sem Comentários