BLOG GERANDO DEMANDA
30set/130

10 DICAS PARA FAZER SEU DIA DE TRABALHO RENDER

Especialista em produtividade listou soluções e práticas que devem ser evitadas por quem não quer perder tempo e terminar suas tarefas.

gerenciamento-do-tempo

A vida de um empreendedor é atarefada, com dezenas de preocupações e afazeres. Nesse contexto, é comum ter um dia em que não é possível terminar tudo. É claro que é complicado ter um dia que renda, mas pode ser que você esteja fazendo algo que atrapalhe a sua produtividade.

Christian Barbosa, especialista em produtividade, listou 10 dicas para quem quer organizar seu tempo e realizar todas as tarefas. Dentre elas, há soluções ditas há tempos – “tenha uma agenda!” – e práticas que devem ser evitadas, mas que muita gente nem desconfia que sejam prejudiciais. Confira:

1) Organize seus compromissos: 
Para Barbosa, uma agenda é fundamental. “Primeiro, uma ferramenta que organize o tempo faz com que todos os compromissos sejam lembrados. E quando os horários são levados à risca, é mais fácil realizar todas as tarefas, ou, na pior das hipóteses, o empreendedor não vai fazer um monte de coisas ao mesmo tempo e se atrapalhar”, afirma Barbosa. Segundo o especialista, não interessa se a agenda é de papel ou digital, mas ela tem que fazer parte da vida de quem tem um negócio.

organize sua agenda

2) Planeje três dias à frente: O ideal é que o empreendedor saiba quais são seus apontamentos com o máximo de antecedência possível. “Quando o empreendedor monta seu cronograma três dias à frente, ele consegue distribuir melhor a carga de trabalho”, diz Barbosa.

3) Guarde um tempo para os imprevistos: Em um expediente de oito horas ou mais, há sempre tempo para que algum imprevisto apareça: problemas com clientes, trabalhos extras, reuniões que levam mais tempo que o planejado… em resumo, sempre tem um pepino. Para Barbosa, não tem jeito: os imprevistos vão aparecer. “Um recurso que um empreendedor pode usar para atenuar as emergências é resolver as tarefas já previstas em um tempo menor e deixar uma ou duas horas do dia reservadas para imprevistos”, afirma ele. Assim, o empreendedor estará livre para resolver problemas mais rapidamente e, caso um milagre aconteça e nada surja, ele poderá adiantar tarefas de outros dias.

4) Adote hábitos saudáveis: Segundo Barbosa, uma pausa no trabalho não é perda de tempo. Ele afirma que práticas defendidas por nutricionistas, como alimentação a cada três horas e a ingestão de dois litros de água por dia, devem ser seguidas durante o expediente. “Quando uma pessoa se alimenta direito, ela se sente melhor. Consequentemente, ela aumenta sua produtividade e consegue dar conta de todos os seus afazeres.”

habitos-saudaveis-no-dia-dia

5) Saia do Facebook: Parar um pouco e dar uma olhada nas mídias sociais é de praxe para quem trabalha em frente a um computador. A influência dessas plataformas na produtividade de um trabalhador é considerada nociva por alguns e não tão ruim assim para outros. Barbosa faz parte do primeiro grupo. “O Facebook é um ladrão sorrateiro de tempo”, diz ele. Ninguém está recomendando a proibição das redes sociais no ambiente de trabalho, mas é importante que elas sejam acessadas com parcimônia.

6) Cuidado com o e-mail: O especialista recomenda que programas de e-mail não fiquem abertos no computador. “O hábito de responder e-mails imediatamente é ruim, pois interrompe tarefas e diminui a concentração.” Para Barbosa, o ideal é que as mensagens sejam respondidas durante intervalos entre compromissos.

Outro ponto abordado por Barbosa é o tempo que uma pessoa que não domina o computador perde toda vez que escreve um e-mail. “Se a pessoa não sabe mexer nos programas, é melhor perder tempo apenas uma vez, aprendendo como usar a ferramenta, do que gastar preciosos minutos toda vez que for escrever algo”, afirma ele.

7) Reuniões demais fazem mal: Barbosa começa a falar de reuniões relembrando uma característica de muitos empreendedores com quem ele teve contato. “A impressão que dá é que tem muita gente que é viciada em reunião e as fazem até quando elas não são necessárias. Pior: fazem reuniões longas e cansativas que não trazem benefício a ninguém”, diz o especialista. Para Barbosa, os empreendedores devem fazer reuniões somente quando for realmente necessário. E, de preferência, às sextas-feiras. “É comum ver pessoas marcando reuniões às segundas. Este é o pior dia da semana, já que todos estão começando a semana e estão cheio de atividades. Quando o encontro ocorre na sexta, os funcionários chegam na semana seguinte sabendo exatamente o que têm que fazer.”

como-fazer-reunioes

8) Saiba o que interrompe seu trabalho: Assim como responder um e-mail logo que a mensagem chega à caixa de entrada atrapalha o avanço de uma tarefa e diminui a concentração, há um monte de fatores que interrompem e atrapalham o expediente: ligações em excesso, pausas demais e conversas com amigos são apenas alguns deles. É complicado neutralizar todas essas interrupções – até porque você pode parecer mal-educado fazendo isso – , mas um bom começo é listar essas interrupções e, na medida do possível, evitar que elas apareçam.

9) Tenha indicadores de produtividade: 
Para o especialista, é importante ter estatísticas do tempo gasto em cada tarefa do dia. “Por exemplo, vale levantar quantas horas são gastas em reuniões ou respondendo e-mails, e aí depois verificar se é possível otimizar esses processos e usar esse tempo na realização de outras tarefas.”

10) Conte com a tecnologia: Para Barbosa, há alguns softwares que podem ser utilizados para se organizar e otimizar tarefas. Um dos mais conhecidos é o Evernote. O aplicativo, cujo slogan é “lembre-se de tudo”, permite que o usuário possa salvar qualquer coisa, sejam ideias, textos, fotos e áudio. O programa é gratuito, mas tem uma versão premium que é paga – mas clientes da Vivo, por conta de uma parceria entre a operadora e o Evernote, não gastam nada para ter acesso a essa versão.

Dentre os aplicativos que otimizam a produtividade por meio de agendas e gerenciadores de tarefas, o especialista recomenda as plataformas Neotriad,RescueTime e Wunderlist.

Outro software interessante é o Zendesk, que reúne todas as comunicações dos clientes, sejam elas por e-mail, telefone e redes sociais, em um só lugar, o que facilita o atendimento ao consumidor. Para quem recebe toneladas de cartões de visita e acaba perdendo os papéis, outra dica é o Camcard. O aplicativo, disponível para iPhones e celulares com Android, fotografa os cartões, reconhece informações como nome, empresa e telefone e as transforma em dados, que podem ser acessados a qualquer momento.

aplicativos
Por: Adriano Lira
Fonte: Revista PEGN http://agapedobrasil.com.br/blog/2013/09/26/10-dicas-para-fazer-seu-dia-de-trabalho-render/

 

27set/130

Pesquisa: internet supera lojas fisicas como canal de preferencia para compras do Dia das Criancas

Gasto médio com as compras deve ficar entre R$ 50 e R$ 100. Presentes mais caros como tablets e videogames ficarão para o Natal

compras na internet

Redação Lyderis

Entre o público com participação nos canais sociais do PayPal, a Internet já aparece como a opção favorita na hora de comprar brinquedos e presentes para o dia das crianças. Segundo um levantamento feito pela empresa no Facebook, 70% dos respondentes apontou a intenção de comprar presentes a partir de lojas online.

As principais opções de presentes apontadas são Brinquedos (60%), Roupas e Acessórios (21%), Videogames (11%), Tablet ou Notebooks (8%). “A correria do cotidiano estimula os pais a buscar alternativas de compra que saiam das lojas físicas, principalmente em épocas de alta demanda como agora. As vitrines online trazem facilidade no acesso aos produtos, na identificação das melhores ofertas”, diz Renato Pelissaro, diretor de marketing do PayPal no Brasil.

O levantamento aponta ainda que o gasto médio com as compras deve ficar entre R$ 50 e R$ 100. “A pesquisa nos indica que a compra de produtos eletrônicos mais caros e sofisticados, como Tablets e Notebooks, deve ficar mais concentrada para as festas de final de ano”, completa o executivo.

 

Fonte: http://www.lyderis.com.br/dicas-e-negocios-hidden/mercado/2476-pesquisa-internet-supera-lojas-fisicas-como-canal-de-preferencia-para-compras-do-dia-das-criancas

26set/130

Especialista mostra 5 passos para voce se destacar e ser promovido

ser promovido

De um lado, empresários e gestores reclamam das dificuldades de encontrar bons profissionais no mercado. Do outro, RHs cada vez mais pressionados para atrair pessoas talentosas. O resultado disso é a contratação de trabalhadores sem todos os atributos necessários para o cargo. A oportunidade aparece para os que têm vontade de crescer, capacidade para aprender e o mínimo de recursos para executar as principais tarefas.

“Por essa falta de mão de obra especializada, existe uma chance gigantesca para quem deseja se destacar no mercado. Quando uma empresa detecta alguém que vai além do que lhe é atribuído, naturalmente quer mantê-lo em seu quadro de colaboradores e não economizará esforços para deixá-lo feliz e motivado”, explica Alexandre Prates, especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional.

O momento nunca foi tão bom para quem deseja, de fato, construir uma carreira de sucesso. Mas ter vontade apenas não basta. É preciso se preparar e seguir alguns passos valiosos, como esses abaixo comentados por Alexandre Prates:

1. Entregue resultados
Eis a dica fundamental. É o resultado que destaca um profissional. Porém, para entregar resultados, é preciso ter clareza do que você precisa entregar. Se a empresa lhe contratou é porque algum resultado ela espera de você. Pergunte sobre isso e, principalmente, descubra uma forma de medir a sua conquista. É preciso ter claro o que as pessoas estão ganhando com o seu trabalho.

2. Cuide da sua reputação
A sua imagem é o seu maior patrimônio, valorize-o. Não permita que comportamentos negativos, por menor que possam parecer, sujem a sua imagem. Chegar atrasado, fazer fofoca, descuidar da aparência, exagerar nas brincadeiras, demonstrar apatia e descaso com o trabalho podem prejudicar a sua reputação e isso se tornará uma barreira para o seu crescimento na empresa. Seja uma pessoa comprometida, ética e, principalmente, cumpra o que promete. Dia após dia, você criará uma imagem forte e valorizada por todos.

3. Aprenda, aprenda, aprenda
Jamais desperdice a oportunidade de participar de uma palestra, treinamento ou qualquer ação promovida pela empresa. Um profissional que demonstra interesse e desejo de desenvolver-se também manifesta uma grande vontade de evoluir na empresa e na carreira. As pessoas sempre valorizarão quem tem sede pelo conhecimento.

4. Invista nos relacionamentos
Ninguém chega a lugar algum isoladamente, é preciso construir laços verdadeiros de companheirismo na empresa para ter pessoas que torçam e apoiem o seu crescimento. E a melhor maneira de construir bons relacionamentos é ajudando as pessoas. Quando você contribui com o time, faz por merecer a confiança dos outros e apoia o crescimento dos demais. Quando chegar a sua vez, as pessoas retribuirão.

5. Seja solução
Os mais valorizados dentro de uma empresa são aqueles que, diante de uma situação difícil, assumem a responsabilidade, agem pró-ativamente e fazem o que for preciso para resolver os problemas. Jamais considere um problema uma “dor de cabeça”, mas, sim, como uma grande oportunidade de mostrar quem você é, o quanto está preparado e aonde quer chegar.

“Resumindo as cinco dicas em uma: vá além! Independentemente se você tem dúvida se a empresa irá valorizá-lo, se será promovido ou se deseja construir carreira nessa organização, vá além! Faça isso por você, pela sua carreira, pelo seu futuro e acredite: mais cedo ou mais tarde, será valorizado por isso”, finaliza Alexandre Prates.

Fonte: Especialista mostra 5 passos para você se destacar e ser promovido | Portal Carreira & Sucesso

24set/130

Gerando Demanda chega a Campo Grande com dois dias de evento e Rodada de Negocios

banner_lyderes_GD2013

Com o objetivo de sempre inovar e adaptar-se as novas tendências do mercado, o projeto Gerando Demanda pelo Conhecimento fará uma edição especial em Campo Grande – MS.

Pela primeira vez terá dois dias de programação. No primeiro dia 22/10 (terça-feira) teremos palestras e workshops para capacitação de sua equipe e sua carreira. Os participantes poderão escolher um ou mais períodos para assistir aos palestrantes do projeto. Os temas abordados propõem soluções e sugestões para você empresário e seus colaboradores suprirem as dificuldades profissionais e acrescentarem informações preciosas para sua formação pessoal e profissional. A programação completa e inscrições em http://www.gerandodemanda.com.br/evento_cg.html ou contato@gerandodemanda.com.br

No segundo dia, 23/10 (quarta-feira) das 14h às 20h, teremos rodadas de negócios e show room com exposição de produtos das empresas patrocinadoras. Neste dia será uma oportunidade para empresários e compradores da região realizar excelentes negócios com condições especiais de pagamento.

As palestras e exposição de produtos acontecem no Grand Park Hotel - Avenida Afonso Pena, 5282 – Campo Grande – MS nos dias 22 e 23 de outubro. O evento é gratuito e você poderá qualificar sua equipe e fazer ótimos negócios. Outras informações acesse www.gerandodemanda.com.br.

O projeto Gerando Demanda é uma realização da empresa CHTECH e tem como patrocinadores Procalc, Dello, PLUS Japan, Multilaser, Imex, Chamex, Foroni, BIC, PIMACO, Sheaffer, Libreria Editora, Francal Feiras, Staedtler e TRIS.

Gerando Demanda. Conhecimento que gera lucro!

24set/130

Dez atitudes corriqueiras podem fazer voce perder o emprego rapidinho

perder o emprego

Um novo emprego costuma vir acompanhado de expectativas, uma boa dose de otimismo e pitadas de apreensão. Assim como foi preciso esforço para conquistar uma vaga, será necessário lutar para mantê-la. "Basicamente, as pessoas perdem o emprego por não desempenharem bem tarefas ou não se relacionarem adequadamente com colegas", diz Claudia Monari, diretora da Career Center, empresa de consultoria em gestão. Alexandre Prates, especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional, afirma que ?são as pessoas que te ajudam a crescer e são elas que te tiram do jogo". É claro que experiência e formação são importantes na hora da contratação. Mas, segundo Luís Testa, diretor de marketing da Catho, há outros fatores importantes: proatividade, compromisso, ética, criatividade e a capacidade analítica, por exemplo. Para a psicoterapeuta Cristiane Moraes Pertusi, especialista em aconselhamento de carreira, fazer o que gosta também entra para essa lista. Os especialistas listaram dez comportamentos que, apesar de corriqueiros, podem fazer você perder o emprego rapidamente. Veja a seguir. Por Catarina Arimatéia, do UOL, em São Paulo

 

macacosDESCOMPROMISSO COM O TRABALHO: não se mostrar proativo, agir sem entusiasmo e dedicar-se pouco às tarefas podem depor contra você. "Quando o profissional ingressa em uma empresa, a sua imagem e competência ainda estão à prova. Portanto, é preciso empenho consistente, o que demonstrará seu valor", diz Alexandre Prates, especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional. Além disso, passado o período de experiência, é preciso não desanimar. Continue levando ideias novas, demonstrando interesse e executando as tarefas com capricho

perder-tempo-com-problemas-pessoaisPERDER TEMPO COM PROBLEMAS PESSOAIS: desavenças com o marido ou a namorada, problemas com a escola do filho ou ligações intermináveis para resolver assuntos bancários estão fora de cogitação. Para a psicoterapeuta Cristiane Moraes Pertusi, doutora em Psicologia do Desenvolvimento Humano pela USP e especialista na área de aconselhamento de carreira, "os problemas pessoais devem ser resolvidos em outro momento, mesmo que envolvam colegas de trabalho", diz. O objetivo profissional é o mesmo de todo o grupo, por isso nada justifica desviar a atenção de suas tarefas. É claro que há exceções, como uma emergência. Mas não inclua à sua rotina profissional tarefas que não fazem parte do trabalho

atrasadoATRASAR-SE COM FREQUÊNCIA: Luís Testa, diretor de marketing do site de empregos Catho, sabe que, hoje em dia, há lugares flexíveis em relação ao horário. Mas para aqueles em que o controle é rígido, atrasos sem justificativas serão vistos de maneira negativa. "É importante que o profissional procure conhecer as regras da empresa em relação ao relógio", diz ele. Quem não tem horário fixo para trabalhar, porém, precisa ficar atento aos horários de reuniões e outros compromissos agendados. Eles precisam ser respeitados

ferramentas-do-trabalho-para-uso-pessoal-1379446099586_956x500UTILIZAR, CONSTANTEMENTE, FERRAMENTAS DO TRABALHO PARA USO PESSOAL: há quem deixe para imprimir documentos pessoais na empresa; outros aproveitam o material de escritório ou estrutura da empresa em benefício próprio ou utilizam o computador e a internet do escritório para tarefas pessoais. Ocasionalmente, isso pode ocorrer, afinal, passamos grande parte do dia trabalhando. Há, também, profissões em que é importante estar sempre conectado às redes sociais, por exemplo. Mas o uso frequente para fins que não são profissionais pega mal com a chefia 

atrasar tarefasATRASAR TAREFAS: seja por desorganização, falta de habilidade ou desinteresse, não entregar o trabalho solicitado é uma das maneiras mais rápidas de perder o emprego, conta Luís Testa, do site de empregos Catho. Se você for atrasar alguma tarefa, o indicado é avisar a chefia com antecedência, antes do prazo determinado para entregá-la pronta. Se o seu problema é maior e você está sobrecarregado, também deve conversar com seu chefe, antes que o trabalho se acumule e você ganhe a fama de atrasado

ser intoleranteSER INTOLERANTE OU INFLEXÍVEL: o velho e bom jogo de cintura também é válido no trabalho, principalmente em relação aos colegas e aos gestores. Os donos da verdade, geralmente, têm vida curta no ambiente corporativo. "Os relacionamentos podem impulsionar ou sabotar sua permanência na empresa", fala o especialista em liderança Alexandre Prates, também autor do livro "A Reinvenção do Profissional - Tendências Comportamentais do Profissional do Futuro" (Ed. Novo Século)

acomodar-se-no-cargoACOMODAR-SE NO CARGO: funcionários que ficam anos em uma mesma posição profissional e não mostram interesse em aprender mais ou desenvolver novas aptidões correm sérios riscos. "O profissional tem que se manter atualizado e sempre procurando se desenvolver", fala Claudia Monari, diretora da Career Center, empresa de consultoria em gestão

tarefas com competenciaSER INCAPAZ DE REALIZAR TAREFAS COM COMPETÊNCIA: é comum, ao ingressar em um novo trabalho, precisar de um tempo para se adequar e conquistar resultados, explica Alexandre Prates, especialista em performance organizacional. Porém, quando esse tempo se estende além do habitual, pode indicar incompetência para desenvolver o trabalho ou falta de interesse para aprender as novas funções. Os dois fatores são extremamente prejudiciais ao empregado

comportamento inadequado no trabalhoTER COMPORTAMENTO INADEQUADO: oos mais variados níveis de comportamento inadequado são prejudiciais à carreira, desde a maneira de se vestir ao jeito de conversar ou atender ao telefone. Conversar em tons muito alto, falar palavrões, fazer piadas preconceituosas, falta de higiene e desleixo pessoal podem levar rapidamente à demissão

criar problemasCRIAR PROBLEMAS, NÃO SOLUÇÕES: um bom profissional não deve jamais ser o causador de situações conflituosas, muito menos alimentá-las. "Não se deve fazer de cada situação desagradável entre a equipe um problema que os líderes tenham de resolver. Não é isso que ajudará a manter a ordem", diz a psicoterapeuta Cristiane Moraes Pertusi. Em casos assim, a maturidade e o bom senso falam mais alto e são atitudes apreciadas pelas chefias. Se você tem um problema, tente resolvê-lo primeiro, antes de levar ao chefe. Se você não pode tomar essa decisão sem consultar um superior, leve opções de solução para facilitar a vida dele

 

Fonte : http://mulher.uol.com.br/comportamento/album/2013/09/18/dez-atitudes-corriqueiras-podem-fazer-voce-perder-o-emprego-rapidinho.htm#fotoNav=11

 

 

16set/130

10 dicas para empreender melhor

empreender

Todo empreendedor sonha em obter sucesso, mesmo que o reconhecimento varie de mercado para mercado. A revista Exame conversou com alguns jovens empreendedores que estão crescendo em suas áreas, e reuniu as principais dicas para quem quer vencer. Confira abaixo 10 sugestões e descubra qual delas se encaixa melhor no seu negócio.

1 - Lance o seu produto o quanto antes
Florian Hagenbuch, CEO e fundador da Printi, plataforma de serviços de impressão online.

2 - Tenha uma rede de relacionamentos forte
Maria Fernanda Antunes, CEO do Cuponation, site de ofertas.

3 - Foque no planejamento
Lucas Maceno, sócio fundador e coordenador de produção da Tecverde, construtora de casas ecológicas.

4 - Tenha metas audaciosas
Diego Martins, presidente da Acesso Digital, empresa de gerenciamento de documentos.

5 - Foque na execução
Juliana Duarte, cofundadora da Tricae, loja virtual especializada em produtos infantis.

6 - Estude o mercado
Caio Davidoff, sócio fundador da PagCom, empresa de pagamento móbile.

7 - Monte o melhor time
Marcio Furtado, sócio da CashMonitor, software de conciliação de cartão de crédito e fluxo de caixa na nuvem.

8 - Seja o exemplo
Alykhan Karim, cofundador do Sonoma, curadoria de vinhos online.

9 - Priorize as tarefas diárias
Amador Gonçalves, CEO e cofundador do Ofertas de E-mail, site de ofertas.

10 - Tenha uma visão 360º da empresa
Pedro Assis, CFO e cofundador da startup Logovia, criação de logotipo online.

 

Fonte : http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/37514/37514

11set/130

Saiba usar a imaginacao como Walt Disney

walt_disney

O foco de muitas discussões sobre resultados e metas em muitas corporações é saber usar a criatividade a favor dos negócios. Utilizá-la vai muito além da teoria, deve existir encantamento e imaginação para trazer uma ideia que possa mudar um contexto, uma empresa e, até mesmo, uma época.
Imaginação e otimismo são duas características poderosas que quando combinadas com desprendimento e alegria de viver produzem um estado mental que contagia e impulsiona o sucesso. Assim era Walt Disney, produtor cinematográfico, cineasta, diretor, roteirista, dublador, animador, filantropo e co-fundador da The Walt Disney Company.

De acordo com Maristela Guimarães André, consultora do Instituto KVT-Desenvolvimento da Consciência Empresarial, Walt Disney não era muito apegado ao dinheiro, para ele o dinheiro era apenas o recurso necessário para desenvolver seus projetos. Seu lema: “continue seguindo em frente”(keeping moving forward), era a resposta para as dificuldades, ou seja, trabalhar e continuar trabalhando, sempre motivado por um sentido maior que era comunicar através da arte dos desenhos e dos filmes a magia do mundo encantado da infância e que existe dentro de cada um de nós.

Com um agudo senso de educação, Walt Disney foi inovador ao ampliar as possibilidades da animação no cenário da arte cinematográfica, porém mais do que isso, por meio dos filmes e dos desenhos abriu nossa visão para a natureza e a vida dos animais despertando nossa sensibilidade para a importância de se preservar a herança ambiental do seu país, e também de aprendermos a reconhecer a beleza na natureza da vida dos animais.

“As personalidades humanas são travestidas em graça, inteligência e humor nas peripécias de um camundongo e seus companheiros, o imaginário dos contos de fadas, através das criações de Walt Disney, povoam a mente de inúmeras gerações no mundo inteiro, revelando a linguagem universal das emoções e dos sentimentos, sem perder de vista a aventura e o mistério que temperam nossa aprendizagem desde os primeiros passos”, afirma Maristela.

Walt Disney foi, sem dúvida, uma das pessoas, mais importantes do século XX, pois nos ensinou que a vida pode ser vivida com a pureza da infância e a beleza dos sentimentos nobres dos contos de fada. “Ele ensinou que no nosso eterno caminho de desenvolvimento podemos sonhar como princesas e príncipes encantados, crescer e aprender com os lobos, voar como um pequeno elefante, viver a magia de cada instante, sem perder de vista o que é mais importante, ou seja, sabermos escolher o que é melhor para nós mesmos”, explica a especialista.

Afinal, é essa a experiência que o mundo da Disney se propõe a oferecer desde o seu início até os dias de hoje, e é essa experiência que cada pessoa, jovem, criança, adulto, idoso, busca encontrar na Disneylândia.

Ainda segundo Maristela, Walt Disney foi criativo ao nos mostrar que empreender sonhos e experiências de alegria e contentamento não é uma tarefa fácil, é preciso cultivá-los diariamente com a disposição de enfrentar os desafios com a simplicidade de uma criança e encarar o trabalho como uma força que nos impulsiona continuamente para frente e para o melhor.

Autor: Samara Teixeira

Fonte : http://www.catho.com.br/carreira-sucesso/dicas-emprego/saiba-usar-a-imaginacao-como-walt-disney

9set/130

Veja dicas para se reinventar no trabalho, como no filme “Os Estagiarios”

os_estagiarios

Dois vendedores quarentões que foram demitidos de seus empregos tentam a sorte como estagiários em uma das principais empresas de internet do mundo, o Google. Desatualizados, eles têm que disputar a vaga fixa com jovens que são "ratos" em informática.

O roteiro pertence ao filme "Os Estagiários", que estreia nesta sexta-feira (30) nos cinemas brasileiros, mas poderia acontecer com qualquer profissional da vida real sem nenhum aviso prévio.

De acordo com a analista de recursos humanos da Impacta, Aline Dias, o mercado de trabalho está exigindo mais conhecimentos que vão além do nosso campo profissional. "Hoje a tecnologia está incorporada em todos as áreas, independentemente da função", diz a analista.

Para Dias, é importante que o profissional realize treinamentos tanto com o intuito de aprendizado, quanto de atualização, pois, a tecnologia reinventa-se a todo instante e o profissional precisa estar preparado para poder competir no mercado de trabalho.

Pontos forte e fracos são determinantes

A falta de preparo ou a dúvida sobre como se reinventar na carreira ocorre porque a grande maioria das pessoas não costumam analisar seus pontos fortes e fracos e não sabem por onde começar nem em que apostar, segundo o consultor em gestão de pessoas da Pactive, Eduardo Ferraz.

"Você pergunta qual é ponto fraco do profissional e ele começa a dizer que é perfeccionista etc. Sabemos que não é verdade. Sobre os pontos fortes ele também não sabe especificar", diz.

Para o especialista, "a pessoa tem que se conhecer, saber onde funciona bem e ter noção de onde funciona mal."

Atirar para todos os lados não funciona

Para Ferraz, o jeito mais adequado de se reinventar é identificar um talento e aprimorá-lo, pois tentar qualificar-se "atirando" para todos os lados não funciona.

O consultor afirma que ao identificar um talento, é mais fácil estar preparado para uma possível perda de emprego ou investida em uma nova área profissional.

"Ser generalista é uma besteira. A pessoa que sabe um pouquinho de cada coisa vai acabar trabalhando como quebra-galho. O profissional mediano faz 18 coisas, mas não se destaca em nenhuma."

"Se você gosta de dar palestra, comece dois anos antes a se preparar. Vá dar palestra à noite, fora do horário de expediente, de graça. Passe um tempo exercitando a nova carreira antes de vender essa habilidade para o mercado", afirma Ferraz.

'Investigando' os colegas de profissão

Uma dica para se reinventar profissionalmente é "investigar" as pessoas que atuam na área.

"Investigue o que eles estão fazendo para progredir profissionalmente. Quais cursos fazem, se utilizam alguma ferramenta específica, se fazem as mesmas coisas que você, mas de uma maneira diferente, mais tecnológica ou mais objetiva e prática, por exemplo", diz Marcele Goes, consultora de imagem pessoal e corporativa.

"A partir das informações coletadas, verifique em quais habilidades ou ferramentas você se sente aquém da maioria dos profissionais com quem conversou e busque possibilidades de atualização", diz a consultora.

A coach Solange Glock aposta no contato pessoal como forma de estimular uma reinvenção profissional. "Identifique cinco pessoas que você respeita e admira. Pergunte sobre suas carreiras e faça uma lista do que você precisa desenvolver", diz Solange.

Fonte : http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2013/08/30/veja-dicas-para-se-reinventar-no-trabalho-como-no-filme-os-estagiarios.htm

6set/130

Seja exemplo do que voce fala

 

exemplo

Olá!

De nada adianta atirar palavras ao vento, sem que elas ecoem na mente das pessoas através da força de suas atitudes.

Não adianta você fazer apresentações maravilhosas se suas palavras não forem condizentes com suas ações.

Existe uma frase bastante significativa a esse respeito, dita pelo professor Henrique José de Souza: “Nada pior que um bom discurso seguido de um péssimo exemplo”.

Não funciona o “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Você precisa prati­car o que prega:

• Se seu tema é qualidade de vida, você precisa exalar bem-estar, saúde e tranquilidade.

• Se seu tema é organização de tem­po, você deve ser pontual, preciso, terminar no horário, cumprir prazos e saber administrar seu tempo.

• Se seu tema é um programa de emagrecimento, você deve ser magro, elegante e esbelto.

• Se seu tema é sucesso em finanças, você tem de mostrar sua prosperidade e riqueza.

• Se seu tema é sobre felicidade, você precisa transmitir alegria e satisfação de viver.

• Se seu tema é superação, você precisa haver superado algo realmente acima da média.

• Se você fala de ter sucesso em vendas, você precisa ser um excelente vendedor.

• Se você se propõe a ensinar alguém a escrever um livro de sucesso, você precisa ser um escritor de sucesso.

É muito comum ver pessoas com um discurso totalmente diferente daquilo que elas praticam em sua vida pessoal e profissional. É óbvio que isso não vai funcionar.

Então, seja sempre um bom exemplo daquilo que você diz.

Suas palavras podem ser fortes, podem falar alto e tocar as pessoas, mas elas só terão força real se forem acompanha­das do exemplo correspondente.

Como se diz, com muita razão, “palavras falam alto, mas exemplos gritam”.

Por isso, faça com que sua vida seja o testemunho do que você fala.

É a partir daí que você vai construir o seu sucesso.

 

Um grande abraço,

Roberto Shinyashiki
O seu sucesso é o meu sucesso

Fonte : http://shinyashiki.uol.com.br/blog/2013/06/seja-exemplo-do-que-voce-fala/

4set/130

13 dicas para oferecer um atendimento adequado aos clientes

68% dos clientes não voltam ou não continuam a comprar determinado produto ou serviço pelo mal atendimento. Fuja deste problema

Atendimento-ao-público-figura1
* Por Ricardo M. Barbosa

O atendimento é mais que um diferencial, é uma necessidade básica em qualquer negócio. Atender bem extrapola as premissas da boa educação, atender bem é ter sensibilidade, entendimento e técnica para transmitir ao cliente todas as informações necessárias que o mesmo necessita saber.

Segundo uma pesquisa da empresa norte-americana US News And World Report, especializada em comportamento dos consumidores, aproximadamente 68% dos clientes não voltam ou não continuam a comprar determinado produto ou serviço pelo mal atendimento e pela má qualidade dos serviços prestados. A pergunta que fica é a seguinte: como está o atendimento em sua empresa? Seus funcionários são qualificados, motivados e treinados para atender os anseios dos seus clientes? O que os clientes falam de sua empresa?

Hoje, por mais que a empresa esteja extremamente estruturada e que a marca esteja adequadamente exposta, um desvio na reputação pode ser fatal. Assim, manter o nome sem reclamações ultrapassa investimentos nas áreas de marketing.

O consumidor é implacável com os deslizes das empresas e dependendo da gravidade do deslize impactará diretamente nas vendas e até mesmo em uma desvalorização financeira de seus produtos e serviços. Para as pequenas e médias empresas a importância do atendimento se torna ainda mais relevante. A marca de uma pequena empresa não é tão divulgada como as das grandes corporações, assim, a repercussão de um atendimento inadequado pode ser desastrosa.

Para estas empresas, o bom atendimento é vital, pois são seus poucos clientes quem propiciam a sobrevivência de um negócio. O cliente deve sair satisfeito com o atendimento recebido, sendo necessário verificar quais os comportamentos, quais as necessidades e como supri-las.
Assim, os colaboradores das organizações devem atuar para encantar os clientes, obtendo um melhor retorno financeiro a todos. Superar as expectativas sempre, esse é o caminho! Lembrando que cliente insatisfeito conta para dez pessoas e as satisfeitas para apenas duas pessoas.

Veja algumas orientações sobre o tema:

1. Ser rápido e solícito com o cliente é uma necessidade para cativar o consumidor. O profissional deve ser treinado para atender a cada cliente como ‘o cliente dele’;

2. O colaborador deve conhecer a fundo todos os detalhes do produto ou serviço que está oferecendo ou que o cliente está pedindo;

3. É fundamental ter em mente que nunca é perda de tempo fazer demonstrações e prestar detalhadas informações;

4. É importante que se recepcione, identifique-se e deixe o cliente conhecer a empresa, fazendo com que ele se identifique com o que se está oferecendo;

5. Ser verdadeiro é fundamental, tenha isso como preceito básico e exercite o perguntar mais do que falar;

6. Todo cliente tem seu tempo, se ele estiver com pressa, seja ágil, se for moroso, mantenha-se tolerante, paciente e calmo;

7. Só prometa prazos, horários e outros se realmente puder cumprir;

8. Seja ético, íntegro e sincero com todos os tipos de clientes e conquiste para sempre sua confiança;

9. Evite deixar o cliente esperando, se observar que irá demorar, pare por um instante o que está fazendo para dar um posicionamento pela demora;

10. Evite amadorismo e erros grosseiros de linguagem, isso vale tanto com atendimento pessoal como por telefone, busque reconhecer qual o estilo do cliente e adapte sua linguagem, se atentando para nunca ser vulgar ou inconveniente;

11. Evite transferências desnecessárias, entenda o que a pessoa necessita e caso tenha que transferir para outro colaborador, seja assertivo;

12. Cuidado com os valores ou mesmo produtos que serão apresentados, se o cliente sentir que estão tentando enrolar ou tirar vantagem a negociação ficará muito mais difícil;

13. Sempre faça um follow-up, ligue para ver se estava tudo e avalie o atendimento e a satisfação.

*Ricardo M. Barbosa é diretor executivo da Innovia Training & Consulting.

Fonte : http://www.lyderis.com.br/dicas-e-negocios-hidden/gestao-de-rh/2080-13-dicas-para-oferecer-um-atendimento-adequado-aos-clientes