BLOG GERANDO DEMANDA
28nov/120

Dicas de Memorizacao na leitura de um livro

Tire o maximo de proveito e absorva todo o conhecimento de sua leitura com 10 dicas de compreensao e memorizacao dos livros quer sejam tecnicos ou instrutivos.

Confesso que, assim como muita gente, tenho o objetivo de ler um livro por mês, mas nem sempre isso acontece. Assim como também não acontece de realizarmos outras tarefas antes planejadas.

Proponho-me humildemente a dividir com você, uma maneira toda particular de extrair conhecimento duradouro e autoaplicável dos livros ou qualquer outro texto que lemos, de modo que possamos tirar o máximo de conhecimento e conseguir uma memorização plena sobre o que desejamos aprender.

Acredito que existem no mínimo dois tipos de leituras e elas são:

  • A leitura para entretenimento e contemplação que é a leitura prazerosa, no qual a gente viaja por lugares e sensações como se estivéssemos dentro da narração.
  • A outra, é a técnica e instrutiva, a que fazemos quando desejamos aprender coisas novas sobre trabalho ou nossa vida pessoal.

E é sobre esta segunda que pretendo me fixar, pelo fato de ser esse modelo de leitura que geralmente desejamos memorizar:

LEIA O LIVRO DUAS VEZES NO MÍNIMO
Uma leitura proveitosa começa com essas duas lidas no seu texto:

A primeira leitura deve ser rápida, porém completa. Assim você começa a ter uma noção de todo o formato do texto e suas intenções. Observe que você se sentirá tentado a passar correndo por alguns capítulos, mas resista. Leia todo o texto. Isso é muito importante para completar o processo.
A segunda leitura, que pode ser feita de um a três dias depois da primeira, é mais concentrada, atenta aos detalhes que começarão a surgir em quantidade, dado a leitura rápida que já fez do texto.

Caso você não tivesse feito a primeira, completa e rápida, não notaria tantos detalhes como notará agora.

Essas duas leituras iniciais, darão a você, uma visão espacial e profunda do texto. Isso se deve ao fato de que na primeira não conseguimos perceber os detalhes, precisamos fazer isso duas vezes para começar a absorver e memorizar melhor o conteúdo, pois conseguimos perceber maiores detalhes. Mas isso ainda não é suficiente para absorver todos os conceitos do conteúdo.

FAÇA PARADAS FREQUÊNTES

Já durante a segunda leitura, mencionada no tópico acima, comece a fazer paradas eventuais. Pense sobre o que leu, medite, revise e tente fazer uma conexão mental sobre como pode colocar aqueles princípios em prática em sua vida pessoal ou profissional. Perceba que o sentido de tudo aquilo que está escrito deve fazer sentido com a sua expectativa sobre o texto e que muitas vezes o trabalho de memorização pode ser um pouco demorado, mas dará um grande resultado em sua vida.

MANTENHA CONSIGO UM BLOCO PARA ANOTAÇÕES

Tenha o caderno de qualquer tamanho sempre à mão. Utilize-o cada vez que estiver lendo o livro. Anote os pontos que vierem à sua cabeça e estiverem fazendo sentido para sua vida, conforme explanado acima. Na prática, a cada livro que você comprar ou emprestar, precisará comprar um caderno. Esse investimento vale a pena.

Esses pontos importantes anotados farão grande diferença ao final do processo de memorização.

No horário de almoço, no ônibus, na fila do banco, no salão de cabelereiro e outros tantos, você pode tirar o caderno da bolsa e voltar a lê-lo. Mesclando a leitura do livro, com a dos pontos anotados no caderno. Você vai virar doutor, no assunto.

Você também deve ter um segundo bloco de anotações que precisa ser um de bolso, no qual mais a frente falaremos sobre.

UMA VEZ POR MÊS, REVISE SEU CADERNO
Uma vez a cada trinta dias aproximadamente, separe cerca de meia hora para revisar mais profundamente seu caderno de anotações. A releitura tem poderes incríveis de fixação.

PRATIQUE O QUE ESTÁ APRENDENDO
O ser humano aprende fazendo. Comece a testar os pontos que lhe parecem úteis e aplicáveis. Você irá notar, conforme vai repetindo o procedimento, que novos e melhores comportamentos surgirão em sua vida. A repetição leva a excelência. Disse sabiamente Aristóteles que “O ser humano aprende fazendo”.

 

Pense a respeito.
Sucesso e vamos à leitura.

Junior Portare é professor de cursos de pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas. Palestrante e empresário. Fala para aproximadamente 12.000 por ano em empresas, associações, igrejas e universidades de todo o país.

Autor do best-seller “Dinheiro dá em Árvore” o palestrante é constantemente convidado para entrevistas TV’s, rádios, internet e outros meios.  -    www.JuniorPortare.com.br

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Escreva sua resposta

Sem trackbacks