BLOG GERANDO DEMANDA
23fev/150

Como definir prioridades quando tudo e urgente

Com estruturas mais enxutas nas empresas, decisões que precisam ser tomadas assim que o novo ano começa e pendências do ano anterior, os profissionais se perdem em um mar de tarefas em que tudo parece urgente. Aí surge a dúvida (e o desespero): como priorizar quando tudo parece prioridade?

Por receber demandas e pressão de todos os lados, as pessoas não conseguem entender o que é importante de fato. “Muita gente aceita as prioridades alheias, achando que vai dar conta de tudo”, diz Andrea Piscitelli, professora da Fundação Instituto de Administração (FIA), de São Paulo, e consultora de gestão de pessoas.

O resultado é que, muitas vezes, as demandas que teriam maior importância na rotina do executivo ou da empresa são deixadas de lado. “Com as tarefas também se aplica o Princípio de Pareto, em que 20% das atividades são responsáveis por 80% dos resultados”, afirma o professor Paulo Campos, do Insper. “Saber encontrar esses 20% é fundamental.” Aprenda, a seguir, o que você precisa fazer para estabelecer prioridades e conseguir entregar suas metas.

Escolha um método

metodo

O primeiro passo para lidar com prioridades é organizá-las. Shane O’Grady, de 33 anos, diretor de tecnologia da Love Mondays, empresa que reúne avaliações de empresas feitas por funcionários, de São Paulo, criou uma metodologia para gerenciar os projetos que ele e sua equipe desenvolvem. “

Fizemos um misto de dois modelos”, afirma Shane. Um deles é o Scrum, que envolve a realização contínua de feedbacks, e o Kanban, usado em fábricas para sinalizar as etapas do fluxo de produção.

Compartilhe a agenda 

calendar

Sempre que  alguém da equipe de Sebastian Guzman, de 36 anos, consultor de programas de melhorias na Bosch, fabricante de peças automotivas, de São Paulo, quer marcar uma reunião, não precisa interrompê-lo para descobrir quando  estará disponível. “Deixo minha agenda aberta para que saibam quando estou sobrecarregado”, afirma Sebastian.

O ideal é que toda a equipe compartilhe seus compromissos. Assim, os chefes veem quem tem mais ou menos disponibilidade para lidar com eles.

 

Invente uma urgência

urgente

Prazos confortáveis atrapalham a conclusão de tarefas. Isso ocorre porque o ser humano calcula mal o tempo que perde numa atividade e acha que precisará de menos tempo do que o necessário.

O truque é eliminar a ilusão de agenda tranquila. Antes de decidir o que fazer primeiro, pense quais tarefas escolheria se tivesse metade do tempo disponível. Ou, se tivesse de trabalhar só 2 horas por dia. Os selecionados serão os compromissos mais importantes.

Peça ajuda

ajuda

A mente humana nem sempre é confiável quando o assunto é definir prioridades. “Damos um peso maior às atividades em que nos sentimos confortáveis”, diz Andrea, da FIA.

Outras tarefas que também precisariam receber atenção são deixadas de lado. Essa situação ocorre frequentemente quando a pessoa está muito envolvida em algum projeto.

O melhor é pedir ajuda a alguém que não tenha a mesma rotina, mas que entenda bem sua função. Essa pessoa terá um olhar imparcial sobre o que é importante.

 

Enxergue com clareza 

clareza

Diante de um emaranhado de tarefas, muitas vezes fica difícil hierarquizar prioridades. Por isso, conseguir ter uma visão do todo é um dos passos mais importantes.

A agenda não deve ser encarada como uma simples lista de compromissos, mas como uma ferramenta que permita visualizar o conjunto de atividades.

Para lidar com esse desafio de ter uma visão melhor das pendências, Shane, da Love Mondays, colocou em seu escritório um quadro com post-its coloridos, em que consegue ver com precisão o status das tarefas que ele e sua equipe têm pela frente. “Conforme cada etapa do projeto evolui, mudamos o post-it de posição nesse quadro”, diz Shane.

Uma rápida olhada ajuda a descobrir quais tarefas estão mais adiantadas e quais precisam de atenção extra.

 

Entenda a empresa

cultura organizacional

Para estabelecer prioridades, é necessário ter clareza sobre as metas da empresa ou da área. “Especialmente em ambientes mais dinâmicos, em que novas demandas surgem, o profissional tem de trabalhar olhando para a estratégia”, diz Paulo, do Insper.

É o que faz Sebastian, da Bosch. “Saber o que a empresa quer e precisa naquele momento é um dos aspectos que mais levo em conta”, diz ele.

A principal maneira de conseguir ter essa noção clara é perguntar ao chefe. Confira com ele se as prioridades que vêm sendo adotadas realmente são as tarefas mais importantes para o negócio.

Aprenda a recusar

dicas-dizer-nao-trabalho-noticias

Quando a vontade de agradar chefes e colegas fala mais alto do que a preocupação com a agenda, o resultado são tarefas em excesso. “O que é importante para os outros nem sempre é para nós”, diz Andrea, da FIA.

Antes de aceitar uma nova tarefa, analise sua agenda. Se achar que o pedido vai atravancar outros projetos mais importantes sem trazer um resultado compensatório, a melhor saída é negociar um prazo diferente ou, em último caso, encontrar uma forma de recusar a missão.

 

Fonte : http://exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/199/noticias/como-definir-prioridades-quando-tudo-e-urgente

5fev/150

10 dicas simples para lidar com a procrastinacao no trabalho

procrastinação

 

Sempre que você estiver procrastinando no trabalho, leia essas 10 dicas:

  1. Liste todas as tarefas que você tem em mente em uma única caixa de entrada. Não deixe bilhetinhos, post-its e papéis espalhados pela mesa do trabalho, em casa ou no carro. Centralize em um só lugar.  Por pior que esteja a situação, você sabe que naquele único lugar está tudo o que você precisa fazer
  2. Use suas listas continuamente e confie nelas. Se você acompanhar sempre direitinho, elas serão sua melhor fonte de informação sobre o que você precisa fazer
  3. Certifique-se de que tem tudo o que precisa para começar a trabalhar nas tarefas pendentes. Muitas vezes, procrastinamos alguma ação porque existe um passo simples, porém chato, antes. Você pode adiar uma revisão, por exemplo, porque ainda precisa baixar o arquivo do e-mail. Pode parecer simples, mas muitas pessoas adiam algo assim somente por causa dessa pequena tarefa anterior.
  4. Garanta que sua lista de tarefas tenha tarefas, e não lembretes como “amanhã fulano enviará relatório X”. Isso não é tarefa. tarefa é o que você fará com o relatório depois que recebê-lo.
  5. Quando finalizar uma reunião, pergunte quais são os próximos passos. Se você for o(a) mediador(a), defina você quais serão esses passos. Nunca saia de uma reunião sem essas definições, senão de nada terá adiantado a reunião.
  6. Pare de anotar na agenda tarefas para fazer no dia de hoje, de amanhã e por aí vai. Tarefas devem entrar na agenda somente quando realmente for necessário. Por exemplo: você precisa arrumar a sua mala até um dia antes de viajar, impreterivelmente! Não existe situação mais frustrante que estabelecer um dia para determinada tarefa (que não precisava de data certa) e ter que ficar jogando a coitada de um dia para o outro, porque nunca consegue cumprir seus prazos. E tem um motivo: esses prazos não são reais! Então pare de estabelecê-los. Colocando prazos somente no que realmente precisa de prazos, você passa a confiar mais no seu sistema. Se alguma tarefa está naquele dia em questão, é porque realmente precisa ser feita naquele dia e em nenhum outro.
  7. Sempre que não conseguir dar andamento a uma tarefa, desmembre-a em tarefas menores.
  8. Se uma tarefa levar menos de dois minutos para ser feita, faça imediatamente. Não adie o que for rápido, pois essa pequena tarefa pode brecar todo o resto.
  9. Revise suas listas de tarefas semanalmente. Não precisa revisar todos os dias, assim como não pode passar mais de uma semana sem revê-las. A ideia é não perder tempo com isso assim como não deixar faltar nada.
  10. Sempre reveja seus objetivos de longo, médio e curto prazo para ter perspectiva. Às vezes, para trazer a motivação de voltam tudo o que precisamos é de uma visão mais abrangente. Faça isso!

Eu ia colocar como item 11. Não acessar as redes sociais, mas como eu sei que ninguém aqui faz isso durante o trabalho, não precisei.

escrito por 

Fonte : http://vidaorganizada.com/categoria/gestao-do-tempo/lidando-com-a-procrastinacao/

2jul/140

Os erros e acertos na exposicao de produtos no ponto de venda

Como usar a sinalização, showroom, gôndolas e espaços da loja para vender mais

fot_esc23_637

Redação Lyderis

A falta de produtos na gôndola, a comunicação equivocada, a ausência de sinalização clara e adequada e, até mesmo, alterações na navegação da loja são alguns dos fatores que podem afetar negativamente as vendas de uma loja. A decisão de compra do consumidor é extremamente influenciada por estes fatores visuais. Do ponto de vista estratégico, um ponto de venda bem organizado, pensado no mapa mental do consumidor, pode aumentar suas vendas em até 20%, garantem especialistas.

Para ajudar os pequenos empresários a identificar os erros de suas lojas, o Sebrae desenvolveu um passo a passo da exposição correta dos produtos. Confira:

Showroom
Fazer um rodízio entre os produtos pode ser uma saída para atrair o consumidor com novidades. A ideia é arrumar a loja como um showroom e os produtos virem do estoque, mas cuidado: se o vendedor dor tiver de ir ao estoque buscar tudo o que vender, pode perder negócios. Recorrer a um estoquista sai mais barato.

Autosserviço
O autosserviço é uma forma de deixar o consumidor à vontade para um contato mais íntimo com os produtos, escolhendo o que mais lhe agradar.

Organize todos os preços 
Organize todos os preços mantendo-os do mesmo lado em todas as mercadorias para neutralizar sua interferência.

Altura diferenciada
Produtos em alturas diferenciadas dão sempre uma sensação de ritmo e movimento.

Iluminação
Cuide da iluminação, criando um ambiente agradável e acolhedor dentro da loja. 

A organização e exposição dos produtos merecem toda a atenção 
A área de exposição dos produtos à venda e de circulação de clientes deve ser bem iluminada e com decoração leve. Os produtos devem ser expostos em gôndolas, vitrines ou em balcões transparentes e devem ter boa visibilidade.

Organize o fluxo
O percurso do cliente na loja pode ser previamente delineado para que não haja conflitos entre a movimentação deles e dos funcionários. O consumidor tende a se deslocar para a direita, no sentido anti-horário. Assim, é preciso dispor os produtos em uma sequencia bem programada, que garanta a circulação por todo o espaço. 

Fundo da Loja
Para evitar que o fundo da loja se torne uma “zona morta”, por exemplo, pode-se utilizar essa região para expor produtos em oferta ou montar uma mesa de degustação. Coloque produtos essenciais mais ao fundo, isso faz com que o público percorra toda a loja.

Sinalização
A boa sinalização contribui para orientar a circulação. Ela pode ser feita com cartazes e setas. 

Posicionamento de prateleiras e gôndolas
Para que o cliente as enxergue de qualquer ponto, o ideal é que prateleiras e e gôndolas posicionadas na área central não ultrapassem 1,50 m. O uso de materiais e cores diferentes e de iluminação constituem outras formas de sinalização.

Promoções
Os artigos em promoção devem ser colocados separadamente dos demais para que os clientes possam percebê-los com maior facilidade. Mantenha sempre na entrada da loja alguns itens em oferta a fim de atrair seus clientes. CUIDADO: para não atrapalhar a movimentação na porta da loja.

Outros detalhes

a) No balcão de atendimento, os clientes farão seus pedidos e serão atendidos. Eventualmente você também poderá expor no balcão artigos e acessórios diferenciados, como os itens mais valiosos para presente;

b) A embalagem e a entrega dos produtos adquiridos poderão ficar em área separada do balcão de atendimento, mas deve estar próxima ao caixa;

c) A área do caixa deve ser destinada apenas ao recebimento do valor das vendas e ao processamento dos pedidos.

fonte : http://www.lyderis.com.br/dicas-e-negocios-hidden/marketing/3228-os-erros-e-acertos-na-exposicao-de-produtos-no-ponto-de-venda

6mar/140

Como nao se perder no meio de tantas atividades

Dicas-de-organização-no-serviço2

Outro dia, encontrei um amigo que há tempo não nos víamos. Questionei como estava e observei que andava sumido. A resposta: “eu ando muito ocupado e não tenho mais tempo para nada do trabalho”. A mesma realidade de meu amigo é vivenciada diariamente pela maioria dos profissionais em redor do mundo. O resultado é correria, estresse, poucas realizações profissionais e pessoais, e a sensação de que o tempo passou e aproveitou-se muito pouco a vida.

Não precisava ser assim. Quando alguém vier reclamar que não consegue se dedicar àquilo que é importante em sua vida por excesso de tarefas e falta de tempo, não se iluda. Dar algumas horas a mais por dia, se isto fosse possível, ou diminuir a quantidade de trabalho, na quase totalidade de vezes, não irá atender a necessidade desta pessoa. A sensação inicial de alívio logo será sufocada pelas obrigações e tarefas diárias, voltando a estar ocupado como ou pior do que antes.

O problema, evidentemente, não está na quantidade de trabalho. A questãoreside na falta de estabelecimento de prioridade. Estas pessoas não listam suas atividades e obrigações para coloca-las em ordem de prioridade. Priorizar, segundo o dicionário Houaiss, significa “dar prioridade a; enfrentar em primeiro lugar e com mais empenho”.

O que colocar “em primeiro lugar e dedicar com mais empenho”?

A maior parte literatura sobre a administração de tempo ensina as pessoas, equivocadamente, organizarem seu tempo através da elaboração de uma agenda diária ou semanal, criando listas de tarefas. Entretanto, esta metodologia despreza aquilo que de fato faz toda a diferença na vida das pessoas: as atividades importantes, ou seja, aquelas que trazem resultados efetivos para a vida pessoal e profissional.

Então, antes de começar o seu dia, o planejamento é primordial. Deixar de planejar seu dia é um ponto crítico para ter maiores resultados.

Por isto, antes de começar, liste todas as tarefas que você precise fazer no dia. Marque com um “X” aquelas que são mais importantes. Depois, coloque em ordem, da mais importante para menos importante. E execute-as na ordem que você estabeleceu como prioritário. Inevitavelmente, há tarefas que não poderão ser realizadas. Mas não se preocupe. Ou você delega para outra pessoa ou, com certeza, diante de suas prioridades não precisa necessariamente ser feita. Lembre-se, você não é o super-homem (ou mulher) para fazer tudo o que vem à sua mão!

Um ponto importante a se destacar, é diferenciar o que é importante do que é urgente. Urgente é aquela tarefa que precisa ser feita imediatamente, ou seja, crítica e imediata. Não tem mais tempo a perder. O prazo está prestes a esgotar. Se não executada, pode causar algum tipo de problema. Os urgentes devem estar no topo da sua lista de prioridades. Talvez, durante o dia, outras urgências surjam e você precise adiar o que estiver fazendo. Enfim, as atividades urgentes precisam ser feitas em primeiro.

Muitas tarefas importantes, porque não estavam no topo da lista de prioridades, com o passar do tempo tornam-se urgentes e precisam ser resolvidas. Quando você bem utilizar a lista de tarefas, com certeza, aprenderá a administrar melhor seu trabalho e sua vida.

Fonte : http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/como-nao-se-perder-no-meio-de-tantas-atividades/75811/

30set/130

10 DICAS PARA FAZER SEU DIA DE TRABALHO RENDER

Especialista em produtividade listou soluções e práticas que devem ser evitadas por quem não quer perder tempo e terminar suas tarefas.

gerenciamento-do-tempo

A vida de um empreendedor é atarefada, com dezenas de preocupações e afazeres. Nesse contexto, é comum ter um dia em que não é possível terminar tudo. É claro que é complicado ter um dia que renda, mas pode ser que você esteja fazendo algo que atrapalhe a sua produtividade.

Christian Barbosa, especialista em produtividade, listou 10 dicas para quem quer organizar seu tempo e realizar todas as tarefas. Dentre elas, há soluções ditas há tempos – “tenha uma agenda!” – e práticas que devem ser evitadas, mas que muita gente nem desconfia que sejam prejudiciais. Confira:

1) Organize seus compromissos: 
Para Barbosa, uma agenda é fundamental. “Primeiro, uma ferramenta que organize o tempo faz com que todos os compromissos sejam lembrados. E quando os horários são levados à risca, é mais fácil realizar todas as tarefas, ou, na pior das hipóteses, o empreendedor não vai fazer um monte de coisas ao mesmo tempo e se atrapalhar”, afirma Barbosa. Segundo o especialista, não interessa se a agenda é de papel ou digital, mas ela tem que fazer parte da vida de quem tem um negócio.

organize sua agenda

2) Planeje três dias à frente: O ideal é que o empreendedor saiba quais são seus apontamentos com o máximo de antecedência possível. “Quando o empreendedor monta seu cronograma três dias à frente, ele consegue distribuir melhor a carga de trabalho”, diz Barbosa.

3) Guarde um tempo para os imprevistos: Em um expediente de oito horas ou mais, há sempre tempo para que algum imprevisto apareça: problemas com clientes, trabalhos extras, reuniões que levam mais tempo que o planejado… em resumo, sempre tem um pepino. Para Barbosa, não tem jeito: os imprevistos vão aparecer. “Um recurso que um empreendedor pode usar para atenuar as emergências é resolver as tarefas já previstas em um tempo menor e deixar uma ou duas horas do dia reservadas para imprevistos”, afirma ele. Assim, o empreendedor estará livre para resolver problemas mais rapidamente e, caso um milagre aconteça e nada surja, ele poderá adiantar tarefas de outros dias.

4) Adote hábitos saudáveis: Segundo Barbosa, uma pausa no trabalho não é perda de tempo. Ele afirma que práticas defendidas por nutricionistas, como alimentação a cada três horas e a ingestão de dois litros de água por dia, devem ser seguidas durante o expediente. “Quando uma pessoa se alimenta direito, ela se sente melhor. Consequentemente, ela aumenta sua produtividade e consegue dar conta de todos os seus afazeres.”

habitos-saudaveis-no-dia-dia

5) Saia do Facebook: Parar um pouco e dar uma olhada nas mídias sociais é de praxe para quem trabalha em frente a um computador. A influência dessas plataformas na produtividade de um trabalhador é considerada nociva por alguns e não tão ruim assim para outros. Barbosa faz parte do primeiro grupo. “O Facebook é um ladrão sorrateiro de tempo”, diz ele. Ninguém está recomendando a proibição das redes sociais no ambiente de trabalho, mas é importante que elas sejam acessadas com parcimônia.

6) Cuidado com o e-mail: O especialista recomenda que programas de e-mail não fiquem abertos no computador. “O hábito de responder e-mails imediatamente é ruim, pois interrompe tarefas e diminui a concentração.” Para Barbosa, o ideal é que as mensagens sejam respondidas durante intervalos entre compromissos.

Outro ponto abordado por Barbosa é o tempo que uma pessoa que não domina o computador perde toda vez que escreve um e-mail. “Se a pessoa não sabe mexer nos programas, é melhor perder tempo apenas uma vez, aprendendo como usar a ferramenta, do que gastar preciosos minutos toda vez que for escrever algo”, afirma ele.

7) Reuniões demais fazem mal: Barbosa começa a falar de reuniões relembrando uma característica de muitos empreendedores com quem ele teve contato. “A impressão que dá é que tem muita gente que é viciada em reunião e as fazem até quando elas não são necessárias. Pior: fazem reuniões longas e cansativas que não trazem benefício a ninguém”, diz o especialista. Para Barbosa, os empreendedores devem fazer reuniões somente quando for realmente necessário. E, de preferência, às sextas-feiras. “É comum ver pessoas marcando reuniões às segundas. Este é o pior dia da semana, já que todos estão começando a semana e estão cheio de atividades. Quando o encontro ocorre na sexta, os funcionários chegam na semana seguinte sabendo exatamente o que têm que fazer.”

como-fazer-reunioes

8) Saiba o que interrompe seu trabalho: Assim como responder um e-mail logo que a mensagem chega à caixa de entrada atrapalha o avanço de uma tarefa e diminui a concentração, há um monte de fatores que interrompem e atrapalham o expediente: ligações em excesso, pausas demais e conversas com amigos são apenas alguns deles. É complicado neutralizar todas essas interrupções – até porque você pode parecer mal-educado fazendo isso – , mas um bom começo é listar essas interrupções e, na medida do possível, evitar que elas apareçam.

9) Tenha indicadores de produtividade: 
Para o especialista, é importante ter estatísticas do tempo gasto em cada tarefa do dia. “Por exemplo, vale levantar quantas horas são gastas em reuniões ou respondendo e-mails, e aí depois verificar se é possível otimizar esses processos e usar esse tempo na realização de outras tarefas.”

10) Conte com a tecnologia: Para Barbosa, há alguns softwares que podem ser utilizados para se organizar e otimizar tarefas. Um dos mais conhecidos é o Evernote. O aplicativo, cujo slogan é “lembre-se de tudo”, permite que o usuário possa salvar qualquer coisa, sejam ideias, textos, fotos e áudio. O programa é gratuito, mas tem uma versão premium que é paga – mas clientes da Vivo, por conta de uma parceria entre a operadora e o Evernote, não gastam nada para ter acesso a essa versão.

Dentre os aplicativos que otimizam a produtividade por meio de agendas e gerenciadores de tarefas, o especialista recomenda as plataformas Neotriad,RescueTime e Wunderlist.

Outro software interessante é o Zendesk, que reúne todas as comunicações dos clientes, sejam elas por e-mail, telefone e redes sociais, em um só lugar, o que facilita o atendimento ao consumidor. Para quem recebe toneladas de cartões de visita e acaba perdendo os papéis, outra dica é o Camcard. O aplicativo, disponível para iPhones e celulares com Android, fotografa os cartões, reconhece informações como nome, empresa e telefone e as transforma em dados, que podem ser acessados a qualquer momento.

aplicativos
Por: Adriano Lira
Fonte: Revista PEGN http://agapedobrasil.com.br/blog/2013/09/26/10-dicas-para-fazer-seu-dia-de-trabalho-render/

 

10jul/130

Organizacao pessoal para o bem da carreira

organização-pessoal

Hoje em dia o mercado vem exigindo cada vez mais conhecimento e prática dos profissionais, no entanto, alguns detalhes podem fazer diferença na hora de conseguir uma oportunidade ou, até mesmo, de crescer dentro da organização.

A organização em uma rotina totalmente corrida e com agendas de reuniões intermináveis faz destacar na carreira aquele que está sempre atento e preparado.

Pessoas organizadas são, geralmente, mais focadas em seus objetivos e possuem uma determinação por resultados diferenciados. “Desta forma, a organização pessoal permite transferir para o profissional esta postura de organização, pois não é possível separar o pessoal do profissional. É uma tendência de comportamento e de gerir a vida, projetos e metas”, explica Ramy Arany, diretora do Instituto KVT e terapeuta comportamental.

Ainda para Renata Cristina Rocha, professora do curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Anhanguera de Belo Horizonte, a organização interfere positivamente na carreira, pois o líder pode promover o profissional com esta qualidade.

“Uma pessoa desorganizada torna-se improdutiva em certo estágio, pois faltará competência técnica para liderar atividades e se distrai facilmente. Outro detalhe são as pilhas de papéis na mesa e a bagunça na caixa de e-mail”, conta Renata.

Um conselho de Ramy para mudar esta característica que atrapalha os profissionais é ter disciplina para começar e fazer as coisas até o fim. Além de manter o foco, deve buscar criar uma harmonia interna e externa que permita ter espaço para trabalhar, aprender a escolher os focos por prioridade (ver a relação das importâncias), entre outras. “Muitas vezes é necessário recorrer a ajuda terapêutica (dimensão pessoal) e de um bom direcionamento profissional (coaching)”, aconselha Ramy.
Como se organizar?

Abaixo as especialistas deram dicas sobre como organizar a vida:

- Ter a visão geral do todo da vida pessoal onde o profissional é uma parte essencial (família, saúde, financeiro, profissional, filhos, relacionamento, social, etc.);

- Saber claramente os objetivos pessoais e profissionais (saber o que se quer, onde se está e para onde se quer ir);

- Buscar otimizar o tempo de acordo com a necessidade de cada parte;

- Sustentar o foco das prioridades sem deixar de sustentar o todo;

- Desenvolver a disciplina para que haja a continuidade (desfragmentação).

Fonte: Organização pessoal para o bem da carreira | Portal Carreira & Sucesso

24abr/130

Saiba como otimizar o tempo no trabalho

tempo1

A capacidade de produzir adequadamente dentro do expediente de trabalho evitando horas extras desnecessárias é tratada pelas empresas como um grande diferencial dos colaboradores. É o que afirma o diretor executivo da Innovia Training & Consulting Ricardo Barbosa.

"A pressão do mercado para produzir mais, com menor custo e tempo, reforçam a necessidade de gestão do tempo para garantir lucratividade, empregos bons e estáveis com qualidade de vida", explica.

O executivo lista alguns pontos que dificultam ou impedem o profissional de se adequar a esta demanda: ausência de foco, falta de concentração, ausência de planejamento, acomodação, procrastinação e se tornar refém de ferramentas tecnológicas (e-mail e telefone celular, por exemplo).

Por outro lado Ricardo reforça que isso não significa que o colaborador não tem direito de descansar e que o chefe deve ser carrasco. "O descanso é fundamental para ser produtivo. Nenhum profissional produz 100% do seu tempo”, diz.

Ricardo sugere a técnica do “quadrante do tempo” que consiste em separar as atividades por prioridade: crises (importante e urgente), urgências (urgente, mas não importante), planejamento (importante, mas não urgente) e rotina (nem importante e nem urgente).

"Estabelecendo bem esta relação com o tempo, a pessoa terá muito mais tempo para sua vida pessoal. Quando planejamos nossas atividades, conseguimos ser produtivos”, afirma.

Dicas para otimizar seu tempo

- Estabeleça prioridades;
- Discipline reuniões;
- Estabeleça horários para conversas;
- Crie condutas para uso de  telefone e eletrônicos;
- Classifique atividades importantes e urgentes;
- Evite o acúmulo de funções.

Detalhes que afetam a produtividade 

produtividade 1

- Ausência de planejamento - Sem planejamento o profissional se confunde e não consegue estabelecer prioridades

- Falta de concentração - O colaborador leva para empresa problemas pessoais, além de conversas paralelas que fazem com que o resultado fique prejudicado

- Acomodação ou desmotivação - Muitos colaboradores não buscam fazer um trabalho diferenciado e criam um ciclo vicioso na relação acomodação e desmotivação

- Ausência de foco - O colaborador acumula várias obrigações e deseja resolver tudo ao mesmo tempo, mas acaba concretizando poucas ou nenhuma delas

- Procrastinação - Deixar tudo que se pode fazer hoje para amanhã não é uma boa ideia

- Refém de ferramentas tecnológicas - As pessoas ficam apegadas ao celular e ao uso de e-mail de forma errada (checar caixa de correspondência toda hora)

 

Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting

Fonte: http://noticias.uol.com.br/empregos/ultimas-noticias/2013/04/24/saiba-como-otimizar-o-tempo-no-trabalho.jhtm

17abr/130

III Parte: Cartazes, banners que voce usa na sua empresa, dao resultados?

Blank exit sign

A fim de se manter a ordem e a segurança nas rodovias, a sinalização é quase tão importante quanto às condições do asfalto e do acostamento. Os princípios parecem bem simples: um mínimo de palavras e a mensagem certa no lugar certo.

As placas devem conter o suficiente para que os motoristas não se sintam ignorados ou desinformados e evitar o excesso de sinalização para que não haja confusão.

O fato de você poder estar dirigindo em um lugar no qual nunca esteve e ter certeza de que está na direção correta, sem parar para pedir informações ou mesmo reduzir a marcha para ler a mensagem, é uma prova do poder de um sistema de placas inteligente.

Os aspectos técnicos costumam ser perfeitos. Veja uma das placas mais comuns: PARE. Um grande octógono vermelho com letras maiúsculas brancas. O que mais poderia significar? A combinação de cores fornece contraste suficiente, as letras são grandes e o posicionamento é perfeito. Essa é, sem dúvida, a melhor forma de transmitir informações a pessoas em movimento.

Sempre que um motorista tiver que diminuir a marcha ou parar, as placas deixam de cumprir sua função. A melhor placa é aquela em que pessoas andando e motoristas dirigindo são posicionadas de tal forma que possa ser lida em movimento. Pensar que cada cartaz deva conter uma mensagem completa é ignorar o funcionamento do cérebro humano. E a única maneira de se conseguir isso e dividir a informação em pedaços e apresentá-las uma de cada vez, em sequência lógica e ordenada.

Algumas empresas tornaram-se um grande anúncio tridimensional de si mes mo. Mesmo as grandes decisões estão sendo tomadas in loco, no ambiente de vendas. Em consequência, os meios de comunicação mais importantes para a transmissão das mensagens são os corredores e as paredes.

Professor Menegatti Palestrante
2.Foto_Prof_Menegatti (1) - Cópia

16abr/130

II Parte: Cartazes, banners que você usa na sua empresa, dão resultados? Onde colocar?

Executives holding a placard

Para onde estarão olhando quando passarem por aquele ponto? Neste local as pessoas estarão andando rápido, portanto a mensagem deverá ser curta e incisiva para atrair a atenção. Lá, estarão olhando em volta, de modo que você poderá fornecer um pouco mais de detalhes.

Um exemplo clássico para a colocação de cartazes são os toaletes. Existem duas formas para que você possa utilizá-los bem. Primeiro: no banheiro masculino, sobre os mictórios e no feminino, do lado de dentro das portas. A leitura é garantida em quase 100% dos casos. Segundo: colocar cartazes quando as pessoas estão deixando o toalete funciona bem. Agora, é um erro colocar cartazes quando estão a caminho do toalete, isso não funciona, pois elas estão preocupadas com outra coisa.

Outro ponto importante é observar onde nossos clientes ficam parados, sem fazer nada, e, portanto, onde alguma mensagem poderá ser apropriada. Observe as lojas de sapatos, depois que o cliente escolhe o produto, o vendedor sai em busca de seu tamanho. A essa altura, você já examinou todos os sapatos e não tem mais o que fazer. Este provavelmente é um bom local para um cartaz promovendo outra mercadoria. Você provavelmente gostaria de algo para ler naquele momento e local, talvez sobre bolsas.

Um cartaz não precisa ser a última palavra em tecnologia para chamar a atenção. Na parede de um elevador em um hotel em Nova York, havia um espelho pendurado, sob o qual estava escrito: "Você parece faminto." Embaixo, os nomes e breves descrições dos restaurantes do hotel. Garanto que esse material consegue quase 100% de exposição, e todos que o vêem acabam sorrindo. E depois sondam os estômagos para saber se estão realmente famintos.

Professor Menegatti Palestrante
2.Foto_Prof_Menegatti (1)

28nov/120

Dicas de Memorizacao na leitura de um livro

Tire o maximo de proveito e absorva todo o conhecimento de sua leitura com 10 dicas de compreensao e memorizacao dos livros quer sejam tecnicos ou instrutivos.

Confesso que, assim como muita gente, tenho o objetivo de ler um livro por mês, mas nem sempre isso acontece. Assim como também não acontece de realizarmos outras tarefas antes planejadas.

Proponho-me humildemente a dividir com você, uma maneira toda particular de extrair conhecimento duradouro e autoaplicável dos livros ou qualquer outro texto que lemos, de modo que possamos tirar o máximo de conhecimento e conseguir uma memorização plena sobre o que desejamos aprender.

Acredito que existem no mínimo dois tipos de leituras e elas são:

  • A leitura para entretenimento e contemplação que é a leitura prazerosa, no qual a gente viaja por lugares e sensações como se estivéssemos dentro da narração.
  • A outra, é a técnica e instrutiva, a que fazemos quando desejamos aprender coisas novas sobre trabalho ou nossa vida pessoal.

E é sobre esta segunda que pretendo me fixar, pelo fato de ser esse modelo de leitura que geralmente desejamos memorizar:

LEIA O LIVRO DUAS VEZES NO MÍNIMO
Uma leitura proveitosa começa com essas duas lidas no seu texto:

A primeira leitura deve ser rápida, porém completa. Assim você começa a ter uma noção de todo o formato do texto e suas intenções. Observe que você se sentirá tentado a passar correndo por alguns capítulos, mas resista. Leia todo o texto. Isso é muito importante para completar o processo.
A segunda leitura, que pode ser feita de um a três dias depois da primeira, é mais concentrada, atenta aos detalhes que começarão a surgir em quantidade, dado a leitura rápida que já fez do texto.

Caso você não tivesse feito a primeira, completa e rápida, não notaria tantos detalhes como notará agora.

Essas duas leituras iniciais, darão a você, uma visão espacial e profunda do texto. Isso se deve ao fato de que na primeira não conseguimos perceber os detalhes, precisamos fazer isso duas vezes para começar a absorver e memorizar melhor o conteúdo, pois conseguimos perceber maiores detalhes. Mas isso ainda não é suficiente para absorver todos os conceitos do conteúdo.

FAÇA PARADAS FREQUÊNTES

Já durante a segunda leitura, mencionada no tópico acima, comece a fazer paradas eventuais. Pense sobre o que leu, medite, revise e tente fazer uma conexão mental sobre como pode colocar aqueles princípios em prática em sua vida pessoal ou profissional. Perceba que o sentido de tudo aquilo que está escrito deve fazer sentido com a sua expectativa sobre o texto e que muitas vezes o trabalho de memorização pode ser um pouco demorado, mas dará um grande resultado em sua vida.

MANTENHA CONSIGO UM BLOCO PARA ANOTAÇÕES

Tenha o caderno de qualquer tamanho sempre à mão. Utilize-o cada vez que estiver lendo o livro. Anote os pontos que vierem à sua cabeça e estiverem fazendo sentido para sua vida, conforme explanado acima. Na prática, a cada livro que você comprar ou emprestar, precisará comprar um caderno. Esse investimento vale a pena.

Esses pontos importantes anotados farão grande diferença ao final do processo de memorização.

No horário de almoço, no ônibus, na fila do banco, no salão de cabelereiro e outros tantos, você pode tirar o caderno da bolsa e voltar a lê-lo. Mesclando a leitura do livro, com a dos pontos anotados no caderno. Você vai virar doutor, no assunto.

Você também deve ter um segundo bloco de anotações que precisa ser um de bolso, no qual mais a frente falaremos sobre.

UMA VEZ POR MÊS, REVISE SEU CADERNO
Uma vez a cada trinta dias aproximadamente, separe cerca de meia hora para revisar mais profundamente seu caderno de anotações. A releitura tem poderes incríveis de fixação.

PRATIQUE O QUE ESTÁ APRENDENDO
O ser humano aprende fazendo. Comece a testar os pontos que lhe parecem úteis e aplicáveis. Você irá notar, conforme vai repetindo o procedimento, que novos e melhores comportamentos surgirão em sua vida. A repetição leva a excelência. Disse sabiamente Aristóteles que “O ser humano aprende fazendo”.

 

Pense a respeito.
Sucesso e vamos à leitura.

Junior Portare é professor de cursos de pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas. Palestrante e empresário. Fala para aproximadamente 12.000 por ano em empresas, associações, igrejas e universidades de todo o país.

Autor do best-seller “Dinheiro dá em Árvore” o palestrante é constantemente convidado para entrevistas TV’s, rádios, internet e outros meios.  -    www.JuniorPortare.com.br